Início Geral

‘A Paix?o Segundo Alca?us’ abre 5? Festival Internacional de M?sica de Campina Grande

A Paixão Segundo Alcaçus, de Danilo Guanais, irá abrir hoje, às 20h, no Teatro Municipal Severino Cabral o V Festival Internacional de Música de Campina Grande. O evento é uma obra para ator, solistas, coro e orquestra, tendo como base o Evangelho de Marcos, o Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago, e poemas do próprio compositor. A obra, que é fruto da pesquisa de doutorado realizada na UNI-Rio, foi escrita entre 2011 e 2012, tendo sido apresentada parcialmente no Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música (ANPPOM), em agosto do ano passado, na cidade de Natal-RN.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Alcaçus, comunidade nos arredores da capital potiguar, é conhecida por seus romances. Essa forma poético-musical, que mantém estreita relação com as narrativas encontradas na península ibérica à época da nossa colonização, ainda hoje está presente na região Nordeste do Brasil. As histórias cantadas naquele lugarejo, passadas oralmente numa tradição secular, foram recolhidas e publicadas pelo pesquisador Deífilo Gurgel, no Romanceiro de Alcaçus. Danilo Guanais utiliza várias melodias do romanceiro na sua Missa de Alcaçus (1996) e também na Paixão, ratificando suas conexões com a cultura popular, a música armorial.

A Paixão está dividida em onze movimentos e cada um descreve uma etapa da caminhada rumo ao Calvário. A percussão tem função relevante na criação dos momentos mais intensos e dramáticos da narrativa, enquanto as intervenções da flauta, do violão e do tenor solista, por exemplo, sublinham o lirismo que também lhe é inerente.

“O texto da obra é uma combinação livre do evangelho de Marcos, cinco poemas chamados Membra Jesu Nostri, na forma usada pelos repentistas nordestinos, e alguns fragmentos de textos retirados do Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago. Eles enfocam sobretudo a dimensão humana, colocando em um plano importante a definição de quem somos e o nosso papel como protagonistas de uma paixão cujo sentido tem sempre que ser relembrado e recriado”, explica Danilo Guanais.

Amanhã, às 16h, no Teatro haverá o “Concerto para a juventude: Uma viagem pelo mundo da ópera”, um espetáculo cênico-musical que apresenta obras de diferentes compositores, nacionalidades e épocas.

A narrativa começa com o amor, nostálgico, doloroso e mesmo virtuoso, tema tratado nas árias de Giordani, Lully, Handel e Vivaldi. Em seguida, a narrativa se torna mais descontraído e irreverente com as árias de Strauss, Donizetti, Gershwin e Pierné, todas para soprano ligeiro. O recital é permeado de bom humor, sentimentos e cumplicidade entre o duo de canto e piano e o próprio público.

Às 20h um novo concerto será apresentado ao público com Julie Cassia Cavalcante (soprano) e Paulo César Victor (piano) e ainda com Constança Almeida Prado (violino) e Helenice Audi (piano).

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.