Início Executivo

‘Absurdo alguém recomendar que não se vacinem’, diz João Azevêdo ao criticar negacionistas

"A gente sabe que a humanidade se livrou de doenças por causa de vacinas", disse, em entrevista à Rede Correio Sat
Foto: Reprodução

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), criticou discursos antivacina, contra o distanciamento social e uso de máscara durante a pandemia. Ele foi o entrevistado desta quinta-feira (23) do Correio Debate da Rede Correio Sat.

“É um absurdo alguém recomendar que não se vacinem. A gente sabe que a humanidade se livrou de doenças por causa de vacinas”, disse.

Ele lembrou que a maior parte desses discursos partiu do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o que tem sido mais um desafio diário no combate à Covid-19. “Cada vida que perdemos é uma derrota”, considerou.

O chefe do Executivo estadual listou as medidas adotadas pelo Governo da Paraíba desde o começo da pandemia, em março de 2020, e disse que não se arrependeu de nenhuma decisão que precisou ser tomada para conter a proliferação do vírus. “Foram decisões arriscadas”, afirmou.

O governador falou ainda sobre economia e o que planeja para as eleições em 2022, quando a população vai escolher presidente, governador, senador e deputados federal e estadual.

Um dos assuntos destacados foi a relação dele com a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), que ele não deixou claro se teria ocorrido algum rompimento, mas afirmou que os partidos são independentes para definir projetos que não caminhem com o governo.

Assista abaixo à entrevista completa.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.