Início Geral

Academias oferecem riscos de contaminação do vírus H1N1; confira vídeo e saiba se prevenir

Em tempos em que a transmissão do vírus H1N1 volta a ficar em evidência, fazendo com que a população tenha bastante cautela, existem lugares, como as academias de ginástica, em que os cuidados devem ser ainda maiores. Em um ambiente onde os equipamentos são compartilhados pelos frequentadores, deve-se haver a consciência de que a higiene precisa ser mantida, mentalidade que nem todos seguem. E é aí que mora o perigo. Confira abaixo reportagem da TV Correio HD.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Sobre o assunto, o médico Bruno Fialho oferece algumas dicas:

“O ideal é abusar do álcool em gel. Cada vez que for usar o aparelho, limpá-lo com álcool. Não compartilhar garrafa, ter muito cuidado com toalha, objetos pessoais e lavar bem as mãos. Sempre que cumprimentar as pessoas, lavar a mão ou não colocá-la na boca, não botar no nariz, ter muito cuidado”, resumiu o médico.

Alguns atletas já demonstram seguir essas recomendações, como é o caso de Tony Cavalcanti, que afirma que passa álcool na máquina antes e depois do exercício. “Passo álcool na máquina e na mão para tomar cuidado com as bactérias e germes que passam de um para o outro”, disse.

O médico Bruno Fialho diz ainda que é preciso estar sempre atento, pois o vírus ataca rápido. “Em questão de horas o vírus se instala e, em menos de um dia, a pessoa já está com febre, já está com sintomas extremamente agressivos”. Ele conclui fazendo o alerta de que, nesta época, os locais com maiores riscos de transmissão do H1N1 são hospitais, clínicas e postos de saúde. Portanto, deve-se procurar auxílio de profissionais de saúde apenas nos casos em que “sintomas realmente graves” forem apresentados.

Confira reportagem da TV Correio HD:

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.