Início Geral

Acidentes na Semana Santa caem 13% e n?mero de mortes ? 87,6% menor que em 2013 na Para?ba

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 dessa segunda-feira (21), a ‘Operação Semana Santa/Tiradentes‘. Os resultados mostram que desde quinta-feira (17), foram registrados por cinco dias, 75 acidentes, 54 pessoas ficaram feridas e uma pessoa morreu. Na manhã da sexta-feira (18), um acidente envolvendo um veículo de passeio e uma motocicleta resultou na morte do condutor da motocicleta, um homem de 29 anos. No Brasil, foram 136 mortes e 2,7 mil acidentes no feriadão.

Entre os feriados de Semana Santa de 2013 e 2014, a frota veicular nacional teve um crescimento aproximado de 7,8%. Ao considerar este crescimento e o maior período da operação em 2014, os indicadores operacionais da PRF apresentaram quedas de -13% (acidentes), -21,4% (feridos) e -87,6% (mortos).

Durante os cinco dias da operação, 3,5 mil pessoas e veículos foram fiscalizados, 522 condutores foram multados, 1.109 testes de etilômetro foram realizados, 32 pessoas foram autuadas e nove foram presas pela mistura álcool e direção. Outras três pessoas foram presas, dois procurados pela justiça e um homem por porte ilegal de arma de fogo.

Os radares da PRF registraram 939 infratores acima do limite de velocidade. As multas por excesso de velocidade variam de R$ 85,13 até R$574,62.

A falta de atenção dos condutores e a imprudência na manutenção da distância de segurança foram responsáveis por 15 acidentes, todos colisões traseiras, atendidos pelas equipes da PRF no retorno do feriado. Este número corresponde a 52% dos acidentes registrados pela PRF no último dia da operação.

O feriado registrou aumento significativo do fluxo de veículos com destino às cidades do interior do estado. O retorno destes veículos à Região Metropolitana de João Pessoa gerou lentidão e aumentou o risco de colisões traseiras.

Como resultado deste planejamento, as ações da PRF foram concentradas em diversos pontos considerados críticos. O combate a embriaguez ao volante, ao excesso de velocidade, às ultrapassagens indevidas e o transporte irregular de passageiros norteou as ações das equipes em todas as onze Unidades Operacionais – UOPs da PRF na Paraíba.

Como os períodos das operações de 2014 e 2013 foram diferentes e um dos fatores de grande influência nas ocorrências de acidentes de trânsito é o crescimento da frota veicular, a PRF utiliza Indicadores Operacionais para medir e acompanhar a evolução dos acidentes de trânsito.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.