Acordo entre Prefeitura e comerciantes tenta resolver interdi??o de shopping na PB

28
COMPARTILHE

Um acordo entre a Prefeitura de Campina Grande (PMCG) e a Associação dos Comerciantes do shopping popular Edson Diniz deverá dar início às soluções para os problemas que provocaram, a interdição do prédio, nessa segunda-feira (25). O acordo foi firmado nesta terça (26).

Leia também:

Comerciantes ocupam calçada de shopping popular e querem impedir interdição do prédio

Shopping popular tem princípio de incêndio e é interditado por tempo indeterminado em CG

Durante reunião ficou definido que a administração municipal vai fornecer ajuda para a Associação trocar todo o sistema elétrico do prédio. A PMCG afirma que vai fazer isso mesmo não sendo legalmente responsável pela providência.

À Associação dos Comerciantes, fica a responsabilidade pela manutenção do aparato preventivo contra incêndios, como extintores e demais detalhes que abrangem a segurança dos trabalhadores e clientes que frequentam o local.

“A parte que foi danificada, a prefeitura recuperou e restabeleceu a parte elétrica. Há esse compromisso de fazer de forma definitiva no Edson Diniz, porque melhor que se faça a instalação completa do que fazer gambiarra, como é feito. Esses improvisos aumentam o risco de incêndio. Vale salientar que o valor dessas adequações é muito alto. E não é permitido utilização de recursos previdenciários para adequação do imóvel locado. Essas coisas têm que fazer adequação à lei e, no caso específico do Edson Diniz, a lei diz que a manutenção, a conservação e limpeza é da associação”, comentou o presidente do Instituto de Previdência Social do Município (Ipsem), Hermano Oliveira.

Veja o vídeo abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas