Início Geral

Acusados de assalto a bar na orla de Tamba? em Jo?o Pessoa s?o condenados a 18 anos de pris

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu, por unanimidade e junto com o parecer ministerial, não aceitar a apelação feita pelos dois homens acusados de assaltar um bar do bairro de Tambaú, na Orla de João Pessoa, em 6 de março de 2013. Bruno da Silva Madalena e Maria das Graças França da Silva, vulgo ‘Mel’, foram condenados a 18 anos de prisão pela prática de crimes contra o patrimônio, roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo, além de latrocínio tentado. Os nomes dos dois foram divulgados pela assessoria de comunicação do TJPB.

O relator do processo da 7ª Vara Criminal da comarca da Capital, foi o desembargador Joás de Brito Pereira Filho.

Os denunciados foram presos em flagrante após participarem de um assalto ao bar, de onde levaram, usando armas de fogo, um martelo e ameaças, dinheiro e vários objetos dos clientes que se encontravam no estabelecimento.

Os denunciados haviam apelado, contra a decisão do juiz que julgou procedente a denúncia e condenou cada um dos réus a 18 anos e 8 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, além de multas. Aos réus, não foi dado o direito de apelar em liberdade.

Inconformados, eles apelam da decisão, alegando excesso da pena aplicada, por serem primários, com bons antecedentes, boa conduta social, residência fixa e profissão definida. Por isso, pedem a redução para quatro anos de reclusão e a consequente alteração do regime inicial de cumprimento da sanção para o regime aberto.

O relator entende que a sentença e a pena estão bem aplicadas, portanto o apelo não merece ser atendido. “Os motivos do crime são injustificáveis, tendo os réus agido de forma egoísta, visando obter vantagem patrimonial à custa da segurança, da integridade física, da vida e do patrimônio alheio”, ressaltou.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.