Moeda: Clima: Marés:
Início Entretenimento

‘Adam’ é o destaque da semana; confira outras estreias

A tentativa de emplacar uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Internacional do Marrocos chega às telas dos cinemas paraibanos nesta quinta-feira (13). Adam (não confundir com o drama adolescente LGBT O Verão de Adam) se ancora na relação entre duas mulheres para contar uma história sensível.

Leia também:

Adam

É o primeiro filme da diretora e roteirista marroquina Maryam Touzani. Na trama, a viúva Abla dirige uma modesta padaria em sua casa em Casablanca, onde vive com sua filha de oito anos Warda. Sua rotina é interrompida pela chegada de Samia, uma jovem grávida procurando por emprego e moradia.

Um dos destaques da produção é a presença da experiente Lubna Azabal, conhecida por seu trabalho como protagonista em Incêndios, filme de Dennis Villeneuve. Para Rodrigo Zanateli, Azabal “consegue expressar nas nuances e deslizes de sua personagem turrona, uma pessoa traumatizada, mas com muito amor dentro de si, algo que só é verbalizado após a primeira metade do filme”, analisa.

Em contrapartida, está a atriz Nisrin Erradi, que, ainda na opinião de Rodrigo, apresenta uma atuação mais apática, mas que apresenta mais consistência no decorrer do longa. “Os coadjuvantes também aparecem de maneira muito competente, trazendo um pouco de leveza a essa história com a inocência esperta de Warda e com a ingenuidade de Aziz Hattab, o homem que tenta conquistar o coração fechado de Abla”, acrescenta o crítico.

Há de se destacar a produção feita quase que completamente por mulheres em um país em que os direitos delas ainda estão engatinhando. Além das protagonistas e da diretora, também há o trabalho da polonesa Virginie Surdej, responsável pela fotografia e a edição da belga Julie Naas.

Embora não tenha conseguido uma vaga entre os finalistas na categoria da maior premiação do cinema mundial, Adam é uma boa oportunidade para entrar em contato com obras cinematográficas produzidas em outros lugares do mundo. Parasita, o grande vencedor desta edição, é uma prova desse cinema pulsante e diverso.

‘SONIC – O Filme’

O clássico personagem dos videogames ganhou uma versão para o cinema. A princípio, a produção foi rejeitada por conta da aparência de seu protagonista. Lançamento adiado e Sonic remodelado, a aventura finalmente chega às telonas, com destaque para Jim Carrey interpretando o vilão Robotnik. Estreia em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Guarabira e Solânea.

‘O Grito’

A segunda versão hollywoodiana baseada na franquia japonesa de filmes de terror traz na direção Nicolas Pesce. Ele escolhe uma narrativa diferente do filme original, trazendo a perspectiva de vários personagens para a maldição presente em uma casa que as persegue até à morte. Estreia em João Pessoa, Campina Grande, Patos e Guarabira.

*Texto de André Luiz Maia, do Jornal CORREIO.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.