Início Geral

Administra??o Penitenci?ria da PB testa novo sistema de comunica??o digital entre agentes

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) está testando um novo sistema digital de radiocomunicação que permite que a mensagem seja criptografada ponto a ponto, proporcionando um nível superior de qualidade, confiança e funcionalidade nas comunicações entre os agentes de todo o estado.

O sistema pretende trazer melhorias e clareza na qualidade do som e de frequência, minimizando as falhas de contatos, e conta com uma central de informações e terminais móveis constituídos por rádios de transmissão que darão cobertura em todo o estado. Além da diminuição dos custos, o novo sistema vai substituir o sistema de radiocomunicação analógica, implantado no ano de 1996.

Outra vantagem do sistema é a segurança das informações sigilosas que são trocadas entre agentes penitenciários. Como as mensagens são criptografadas, não será mais possível que elas sejam captadas por quem esteja usando um equipamento não conectado ao sistema. Isso, consequentemente, acaba com possíveis práticas de cópias de mensagens.

O secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, ressaltou o processo de inovação e modernização constante que passa o sistema penitenciário paraibano, com o uso das novas tecnologias no combate ao crime organizado dentro e fora dos presídios.

“Este novo equipamento vai proporcionar maior eficiência no trabalho desenvolvido pelos agentes penitenciários e com a utilização da tecnologia usada pelo exército norte americano. O sistema aceita a troca de informações sigilosas entre grupos restritos de agentes de segurança e ainda o GPS e o uso dos celulares cadastrados nas transmissões. Outro quesito importante é o dispositivo de emergência, que permite a utilização por parte de um agente, que durante uma operação esteja passando por dificuldade e possa ser localizado com maior facilidade e auxiliado pela equipe que estiver mais próxima”.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.