Início Geral

Advogada de CG é suspeita de auxiliar tráfico de drogas em presídios da Paraíba

A Operação Gerônimo, da Polícia Federal, que tenta desarticular um esquema que organizava tráfico de drogas dentro de presídios da Paraíba, investiga uma advogada de Campina Grande que pode ter facilitado a comunicação entre presos e outros integrantes da organização criminosa que ainda estão soltos. A polícia cumpriu o mandado de prisão na manha desta quinta-feira (27), no bairro de Santa Rosa, em Campina Grande, mas não encontrou a suspeita. Comente no fim da matéria

Leia também: Polícia Federal cumpre mandados de prisão na PB contra o tráfico de drogas

A advogada é suspeita de auxiliar a organização criminosa, segundo o delegado que comanda as investigações, Bruno Rodrigues. Além dela, outros advogados e familiares de encarcerados também são alvo da operação.

“Ela possibilitava o encontro e reunião desses integrantes no interior de unidades. Eles dariam suporte para essa organização, auxiliando na comunicação”, explicou o delegado.

A Operação Gerônimo busca desarticular um grupo criminoso que atua no estado, mesmo com muitos dos seus membros já encarcerados. O comandante, por exemplo, está detido em Mato Grosso do Sul. Presos do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Rondônia também são suspeitos de integrar o esquema.

Confira a reportagem da TV Correio:

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.