Agente ? detido suspeito de repassar celulares para presos em Jo?o Pessoa

15
COMPARTILHE

Um agente penitenciário foi flagrado com um carregamento de celular dentro do Presídio Silvio Porto, em João Pessoa, no início da manhã desta segunda-feira (23). Ele confessou os nove celulares seriam entregues a presos da unidade, segundo informou o major Sérgio Fonseca, gerente do sistema penitenciário da Paraíba. Os aparelhos estavam envoltos em um papel filme prontos para serem repassados para os apenados.

Leia mais Notícias do Portal Correio

A suspeita foi levantada depois que o agente foi flagrado pelo sistema de monitoramento da unidade em atitude suspeita. “Há um mês a inteligência do Sistema Penitenciário estava investigando o desvio de conduta do agente. Imagens de câmera de segurança registraram o momento em que ele repassava algum objeto para os presos”, falou o major.

Ainda de acordo com Fonseca, os celulares, fones de ouvido e carregadores estavam no armário do agente. Os equipamentos foram recolhidos e o suspeito levado para a Central de Flagrantes de João Pessoa. Ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado.

“O agente confessou que já tinha repassado outros materiais para os presos e que os celulares também seriam entregues aos apenados. Ele vai ficar afastado das funções até a conclusão do procedimento administrativo, que deverá durar 120 dias”, disse o major Sérgio Fonseca.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas