Início Geral

Agente é denunciado e pode ser preso, suspeito de matar detento no Roger em JP

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ofereceu denúncia contra o agente penitenciário suspeito de matar um detento na madrugada do dia 25 de agosto de 2016, no Presídio do Róger, em João Pessoa. A denúncia foi recebida no dia 5 de julho de 2017. O pedido de prisão preventiva será analisado pelo juiz do 1° Tribunal do Júri, após a conclusão das diligências de citação do acusado. Comente no fim da matéria.

Leia também:

Ex-diretor do Roger é suspeito de agredir detentos com palmatória e cassetete, em JP

Detentos e agente ficam feridos em confusão no presídio do Roger, em João Pessoa

Segundo a denúncia oferecida pela Promotoria do 1° Tribunal do Júri, o detento foi atingido de surpresa por disparo na cabeça, quando estava na janela da cela 1 do Pavilhão 4, olhando distraidamente para o interior do presídio. Na ocasião, havia ocorrido um tumulto na penitenciária em outros pavilhões, devido à tentativa frustrada de ingresso de drogas no local.

De acordo com o MPPB, apenados que estavam na cela com a vítima foram ouvidos e teriam confirmado a ocorrência do homicídio e o autor do disparo. Imagens de câmeras também teriam mostrado o momento do tiro.

Atendendo requisição Ministerial, a juíza da da Vara da Execução Penal, Andréa Arcoverde Cavalcanti Vaz, determinou a instauração do inquérito policial e a designação de delegado especial para apurar o homicídio.

Após as investigações, o Inquérito Policial foi enviado à Promotoria do 1° Tribunal do Júri, para análise, o que resultou no oferecimento da denúncia contra o agente e do pedido de prisão preventiva dele, no último dia 24 de junho. Também foi solicitado pela Promotoria uma perícia de reconstituição no local do crime. O MPPB apura também casos de tortura que estariam ocorrendo dentro da unidade.

A direção do Roger disse ao Portal Correio tem colaborado com todas as investigações nos casos suspeitos de tortura, mas que não há nada provado e que aguarda os resultados.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.