Início Geral

Alemanha mostra sua for?a, bate Fran?a e avan?a ? semifinal da Copa do Mundo

A Alemanha venceu a batalha contra a França. Os times honraram suas camisas e relembraram suas maiores disputas nesta sexta-feira (4), no Maracanã, por uma vaga na semifinal da Copa do Mundo. Com um gol improvável do zagueiro Mats Hummels, os alemães venceram por 1 a 0 e avançam à próxima fase. Os franceses lutaram até o fim, mas acabaram eliminados.  

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A expectativa dos mais apaixonados por futebol agora é que a Alemanha enfrente o Brasil na semifinal de terça-feira (8), a partir das 17 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Os outros semifinalistas saem dos confrontos entre Holanda e Costa Rica e Argentina e Bélgica – partidas que acontecem neste sábado (5), em Salvador (BA) e em Brasília (DF), respectivamente.   

Essa é a 12ª vez que a Alemanha se classifica à semifinal. A tricampeã (1954, 1974 e 1990) segue firme com uma das favoritas ao título. Já a França, maior carrasca do Brasil em Copas, volta para casa.  

Para se isolar na liderança de maior artilheiro da história das Copas, o centroavante Miroslav Klose começou como titular. Desesperado, o autor de 15 gols em Mundiais, o mesmo número de Ronaldo Fenômeno, até se enroscou na área com o zagueiro e pediu pênalti. Não fez nada além disso e foi substituído na segunda etapa.  

 

 

Os Bleus demoraram um pouco mais para mostrar seu poderio ofensivo. Bastou Karim Benzema ser mais acionado que as coisas passaram a funcionar para a equipe. O camisa 10 criou as melhores chances e por pouco não venceu o goleiro Manuel Neuer. Nos acréscimos, exigiu grande defesa do adversário. 

Mas mesmo com dois dos melhores ataques em campo, coube a um zagueiro abrir o marcador. Toni Kross cobrou falta na intermediária e Mats Hummels subiu mais que os adversários para cabecear para o gol, ainda aos 12 minutos do primeiro tempo. Os sempre frios alemães mostraram que sabem fazer festa no Maracanã.  

Na volta do segundo tempo, a França não se importou com os quase 30ºC do inverno carioca. O técnico Didier Deschamps pediu para que seus jogadores avançassem e Matuidi entendeu o recado. O meio-campo criou as melhores oportunidades, mas foi parado por aquele que talvez seja o melhor goleiro da atualidade.  

O avanço francês dava espaço para o contra-ataque. Os para lá de habilidosos Özil, Schweinsteiger e Müller deram trabalho aos adversários, mas não souberam aproveitar as chances. Sofreram como em uma batalha, mas saíram vencedores. 

Vestido de verde-amarelo apesar de França e Alemanha, o eternamente Maior do Mundo mandou seu recado para quem sabe os próximos adversários. A torcida brasileira parou de comemorar a classificação dos alemães assim que o árbitro apitou Nestor Pitana (Argentina) apitou o fim do jogo. Já estava quase na hora de acompanhar Neymar e companhia pela esperada classificação para a semifinal.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.