Americana de apenas 15 anos ? a maior medalhista de Toronto 2015

30
COMPARTILHE

Record/Correio no PAN 2015 –  Quando Laura Zeng nasceu, em 1999, o Canadá havia acabado de sediar uma edição dos Jogos Pan-Americanos. Os pais da americana mal poderiam imaginar que, 15 anos depois, ela estaria brilhando em terras canadenses: até o momento, a ginasta de apenas 1,57 m é a maior campeã de Toronto 2015, com nada menos que cinco medalhas de ouro.

Leia também: Brasileira de 15 anos leva o bronze no individual geral da ginástica no Pan

Laura foi o grande nome da ginástica rítmica, subindo ao ponto mais alto do pódio nas disputas de arco, bola, maças e fita, além do individual geral. Com tudo isso na bagagem, a jovem automaticamente virou uma das favoritas a subir ao pódio na Olimpíada do ano que vem, no Rio de Janeiro.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio 

O brilho da adolescente já estava se desenhando semanas antes do Pan, quando ela também faturou cinco medalhas de ouro no Campeonato Americano de Ginástica Rítmica. Ela se encaminhou para o esporte aos sete anos, após fazer aulas de danças típicas do país asiático.

A incrível elasticidade é um dos pontos fortes da jovem na hora de executar os movimentos de um dos esportes mais bonitos do programa pan-americano. Recentemente, ela participou de um período de treinamento na Rússia, país que domina a ginástica rítmica no mundo.

Zeng somou 64.775 na final individual geral, mais de dois pontos acima da segunda colocada, sua compatriota Jasmine Kerner (62.200). A dobradinha das duas também aconteceu na decisão do arco (16.833 x 16.300), da bola (16.883 x 16.100) e da fita (16.267 x 15.992).

A única atleta que conseguiu quebrar a hegemonia das americanas foi a canadense Patricia Bezzoubenko, que fez 15.933 na prova das maças e ficou em segundo. Para chegar ao ouro, Zeng fez 16.167 e Kerber foi bronze com 15.833.

Os Jogos de Toronto são transmitidos pela Rede Record (TV Correio HD na Paraíba), com exclusividade na TV aberta.  

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas