Ant?nio Carneiro ? designado presidente da comiss?o do concurso de juiz

28
COMPARTILHE

O juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior é o novo presidente da Comissão Organizadora do 53º Concurso de Juiz Substituto do Estado da Paraíba, por designação do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Marcos Cavalcanti. Na manhã desta terça-feira (7), a Comissão se reuniu e tomou deliberações acerca do certame.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Na ocasião, o juiz Inácio Jário, que estava à frente da Comissão, informou o seu impedimento de continuar na presidência da Mesma por ter um assessor direto inscrito no certame.

O juiz Antônio Carneiro disse que a missão agora é dar continuidade aos trabalhos da Comissão, como forma de realizar o concurso de acordo com as regras e prazos estabelecidos no Edital nº 4, que trata da certame em questão. “Recebi a missão com muita honra e, em seguida, passamos a deliberar assuntos inerentes ao concurso”, declarou o magistrado.

Durante a reunião, que contou com os juízes Hermance Gomes Pereira e Fábio Leandro Alencar Cunha, e do advogado Valberto Alves de Azevedo Filho (membros da Comissão), a Comissão deliberou sobre dois assuntos.

O primeiro ponto tratado foi os casos de indeferimento da inscrição preliminar sob motivo de pagamento intempestivo da taxa de inscrição.

Sobre o assunto, a Comissão entendeu pela regularidade das inscrições dos candidatos que comprovarem o pagamento da taxa nos termos do Edital nº 4, de 21 de maio de 2015.

Outro ponto levantado pela Comissão diz respeito a questão dos indeferimentos das inscrições em razão da alegada não comprovação de nacionalidade. A Comissão decidiu considerar regular a inscrição dos candidatos que comprovarem a nacionalidade brasileira através de carteira emitida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ou outro documento de identificação previsto no Edital.

Concurso

De acordo com o Edital, são 15 vagas para Juiz Substituto. A primeira etapa do certame – prova objetiva seletiva – , ocorrerá no dia 26 de julho. As provas serão aplicadas pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), órgão que integra a Fundação Universidade de Brasília.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas