Início Geral

Anvisa interdita lote do anti-inflamatório Nimesulida após erros em testes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou de maneira preventiva nessa segunda-feira (14) o lote B16k 1609 do medicamento Nimesulida suspensão oral, 50mg/ml, indicado como anti-inflamatório. A interdição também proíbe a venda e utilização do medicamento, que é da Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Anvisa, o medicamento foi interditado após ser reprovado em dois testes: teor de princípio ativo e teste de gotejamento.

O teor de princípio ativo avalia se a quantidade de medicamento, sua concentração, está correta. Se o teor for maior ou menor que o indicado na embalagem, o tratamento do paciente pode acabar sendo afetado.

Já o teste de gotejamento mede a quantidade de gotas que devem ser utilizadas para atingir a dose que o médico recomendou. Quando isto não está correto o paciente pode acabar tomando um pouco mais ou um pouco menos que a quantidade recomendada, o que também pode afetar a qualidade do tratamento.

Ainda segundo a Anvisa, a interdição tem prazo de 90 dias até que a contraprova confirmou ou não o resultado.


Equipamento também foi proibido

A Anvisa também determinou, nesta segunda, a proibição da divulgação, comercialização e uso do produto Digital Therapy Machine Tonificador Muscular e Massageador por não ter registro na agência.

O equipamento, divulgado e comercializado por meio da internet, é de responsabilidade da empresa Shopfisio – Comércio, Importadora e Exportadora Ltda.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.