anvisa-proibe-uso-de-cosmetico-que-pode-causar-problemas-de-saude

Anvisa proíbe uso de cosmético que pode causar problemas de saúde

Produto era originalmente fabricado pela empresa Frielo do Brasil Indústria e Comércio de Cosmético, que deixou de fabricar o cosmético em novembro de 2016

49
COMPARTILHE

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou, nessa segunda-feira (2), a proibição de uso e a apreensão dos lotes 00154/2016, 00155/2016 e 00158/2016 da Máscara Redutora de Volume Maria Escandalosa Profissional.

O produto era originalmente fabricado pela empresa Frielo do Brasil Indústria e Comércio de Cosmético, que deixou de fabricar o cosmético em novembro de 2016. Com isso, os lotes proibidos são de origem e composição clandestina.

Segundo a Anvisa, os produtos sem origem conhecida não possuem garantia de qualidade e segurança, o que pode acarretar em problemas de saúde aos consumidores.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas