Início Geral

Anvisa proíbe venda de marcas de geleias e chás em todo o Brasil; veja relação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu, nesta segunda-feira (24), a venda de quatro sabores de geleia da marca Áurea e de diversos chás fabricados pela empresa Hile, da marca Chá Mais. Veja abaixo os produtos suspensos.


Leia mais Notícias no Portal Correio

As geleias proibidas de serem comercializadas são as de Morango, com lote não identificado, fabricação de 1/12/2015 e validade para 1/12/2016; Uva, com lote número 17:00, fabricação de 13/4/2016 e validade para 13/4/2017; Goiaba, com lote número 05:32, fabricação 10/02/2016 e validade para 10/12/2017; e Goiaba, com lote número 12:31, fabricação 13/4/2016 e validade para 13/4/2017.

Segundo a Anvisa, a proibição da venda ocorre após uma análise laboratorial encontrar matéria estranha indicativa de risco à saúde humana acima do limite máximo de tolerância.

Com relação aos chás, foram suspensos de comercialização os sabores de chá misto de canela com erva-doce e mostarda; chá misto de erva-doce, funcho e endro; chá misto 30 ervas; chá mate com gengibre e especiarias; chá mate com laranja, limão, mel e especiarias; chá misto de chá preto, gengibre e canela; chá misto de gengibre, cravo e canela; chá misto de mate tostado e anis-estrelado; chá misto de maçã com canela; chá misto de maçã com cravo e canela; chá misto de abacaxi, hortelã, cravo e canela; chá misto de chá verde, rosas, jasmim e hibisco; chá sublime sensação; chá sublime ternura; chá sublime inverno; chá sublime leveza; chá sublime liberdade; chá sublime noite; chá sublime inocência; chá sublime harmonia; e chá sublime diva.

Para a empresa responsável pelos chás, a Anvisa proibiu a fabricação, distribuição e comercialização do produto, além de recolhimento do estoque existente no mercado. A determinação atinge todos os lotes das mercadorias e ocorre pela utilização de espécies vegetais não autorizadas para o preparo de chás.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.