Moeda: Clima: Marés:
Início Executivo

Ao Correio, Dilma garante obras e programas sociais na PB; ouça

Dilma falou sobre o momento de crise econômica do País e da relação do governo federal com o Congresso

A presidente da República, Dilma Rousseff, concedeu, na manhã desta sexta-feira (4), uma entrevista a rádio 98 FM, do Sistema Correio de Comunicação. Dilma falou sobre o momento de crise econômica do País, a relação do governo federal com o Congresso, a entrega das obras da Transposição do Rio São Francisco e a liberação de recursos para obras e programas sociais na Paraíba. A entrevista foi transmitida em todas as emissoras de rádio da Rede Correio Sat. Ouça abaixo.

Ainda nesta sexta, a presidente cumpre uma série de compromissos na Paraíba. Em Campina Grande, ela chega acompanhada de oito ministros e alguns assessores. No avião presidencial também estará uma comitiva de lideranças políticas do Estado.

Em João Pessoa, a partir das 14h30, terá início uma reunião fechada da comitiva com cerca de 70 empresários. O encontro tratará do Programa de Investimento em Logística e serão discutidas melhorias em infraestrutura de transportes.

Ouça, na íntegra, a entrevista concedida por Dilma Rousseff ao Correio:

Orçamento com déficit

Logo no início da entrevista, a presidente foi questionada a respeito do projeto orçamentário de 2016 apresentado pelo governo federal com déficit de mais de R$ 30 bilhões. Ela disse que o governo optou por um “caminho de transparência e de verdade” e deseja “discutir com o Congresso e com a sociedade” novas fontes de receita para o país.

Dilma Rousseff falou também sobre os cortes de gastos feitos em sua gestão. A presidente destacou que as medidas não atingem os programas sociais, “pois não são eles que provocam o desequilíbrio no orçamento”. Segundo Dilma, os gastos que mais comprometem o orçamento do país são os com a previdência, com pessoal e os obrigatórios.

Recursos para a Paraíba

A presidente disse ainda que o projeto orçamentário enviado ao Congresso inclui o envio de verba para obras que já estão em andamento. Na Paraíba, segundo Dilma Rousseff, não serão prejudicadas as obras na BR-101 e na BR-230, em trechos próximos a Campina Grande. Ela garantiu também a manutenção de recursos para obras de segurança hídrica e mobilidade urbana, assim como para os programas Bolsa Família e Mais Médicos.

Transposição do Rio São Francisco 

Dilma Rousseff garantiu ainda a finalização das obras de transposição do Rio São Francisco. De acordo com a presidente, a entrega da obra deve ocorrer no fim de 2016. Ela defendeu que a Paraíba ficará em situação vantajosa, uma vez que será contemplada pelos eixos Norte e Leste do projeto. Essas etapas, no entanto, deverão ser as últimas a serem entregues.

Medidas emergenciais

Apesar de reconhecer que a obra vai demorar para chegar ao fim, Dilma Rousseff lembrou que o governo federal tem investido em medidas emergenciais de combate à seca na Paraíba. Segundo ela, 1.119 carros-pipas são disponibilizados para 164 municípios do estado. A presidente também citou as 19 obras com investimentos do PAC da seca, que destinou cerca de R$ 224 milhões ao estado.

Relação com o Congresso

O apresentador do Correio Debate, Fabiano Gomes, foi quem comandou a entrevista no estúdio da 98 FM em João Pessoa. Dilma Rousseff comentou as divergências no diálogo entre o governo federal e o Congresso. Ela argumentou que posicionamentos distintos é uma das características da democracia, mas defendeu que “governo e Congresso podem divergir, porém com o compromisso de procurar um consenso que represente o bem para o Brasil”.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.