Operação Playground Nordestino

Serviço

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Ricos
Fonte da riqueza dessa parcela da população é originada do trabalho em 75,5% das pessoas (Foto: Jornal Correio da Paraíba)

Apenas 3,6% da população paraibana está no grupo dos mais ricos

Pesquisa foi feita em 2017 e, comparando os dados com o ano anterior, o número de ricos na Paraíba cresceu 0,5%

486
COMPARTILHE

Somente 3,6% dos paraibanos estão no grupo das pessoas mais ricas do estado, que, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são aquelas que recebem mais de cinco salários mínimos, iu seja, R$ 4,8 mil, já que o atualmente o salário mínimo está em R$ 954. A pesquisa foi feita em 2017 e, comparando os dados com o ano anterior, o número de ricos na Paraíba cresceu 0,5%.

Leia também: IBGE revela que mulheres da PB vivem mais do que os homens

A fonte da riqueza dessa parcela da população é originada do trabalho em 75,5% das pessoas. A segunda maior fonte dos mais abastados vem das poupanças e pensões, com 20,6%, enquanto que apenas 3,9% vêm do que o IBGE trata como “outras fontes”.

Números reais

Se fossem levados em conta os dados da população total da Paraíba, divulgados pelo IBGE em 2017- 4.025.558 habitantes – o número de pessoas que ganham mais de cinco salários mínimos no estado é de 144.920. Os dados demonstram que 20.939 paraibanos ascenderam economicamente. Em 2016, a quantidade de paraibanos que recebiam mais de cinco salários mínimos era de 123.981.

Brasil

Quando os dados são avaliados levando em consideração toda a população do país, o percentual de pessoas que ganham mais de cinco salários mínimos é de 5,4%. O número, em comparativo com os dados divulgados em 2016, caiu 0,1%. O número real de ricos no país era de 11.421.351 pessoas, já em 2017 caiu para 11.302.200 pessoas.

De 3 a 5 salários

O percentual de quem ganha mais de três salários mínimos e até cinco, na Paraíba, é de 3,2% da população. O número em 2016 foi de 2,5%, o que representa um aumento de 28.832 pessoas recebendo essa quantia de um ano para o outro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas