Início Geral

Apenas quatro anos

Comparando os resultados das eleições de 2010 com os de 2014, na Assembleia apenas quatro partidos aumentaram representação (PSB, PSDB, PT do B e PP), dois recém criados conquistaram as primeira vaga pelo voto (PEN e PSD), um trocou suplente por titular (PRB),um voltou a ocupar cadeira (PC do B), cinco diminuíram (PMDB, DEM, PT, PTN e PSC) e dois perderam assentos na casa (PDT e PPS).

As diferenças registradas são significativas e mostram mudança nas preferências dos eleitores. O PMDB que elegeu nove deputados em 2010 (na época tinha José Maranhão no Governo), agora só conseguiu quatro. O DEM de Efraim Morais caiu de cinco para duas vagas, mesmo participando da coligação vitoriosa; o PPS de Nonato Bandeira, que conquistou duas na eleição anterior, não conseguiu nenhuma. O PT do prefeito Luciano Cartaxo e o PSC de Marcondes Gadelha caíram de três para duas.

Entre os que ampliaram seus espaços, o PSB que passou de três eleitos em 2010 para cinco neste ano; o PSDB que elegeu três e agora quatro. Passaram de uma para duas cadeiras PP e PT do B. O PEN e o PSD disputaram a primeira eleição estadual. O primeiro elegeu quatro e o segundo, dois. O PC do B terá uma cadeira a partir de fevereiro.

Se considerarmos que muitos trocaram de partido desde 2010 e analisando os resultados a partir da composição da casa legislativa no ano eleitoral, os que mais perderam foram o PMDB e PEN (de seis para quatro) e o PSC (de quatro para duas), enquanto PSD e DEM (caíram de três para duas), e PV e PPS não conseguiram manter as únicas que tinham.

Analisando o desempenho desses partidos em intervalo de tempo tão pequeno, não há como discordar do ex-presidente Tancredo Neves, cuja sábia lição foi lembrada ontem pelo neto Aécio Neves, mas que nunca é demais repetir: “Voto você nunca tem, voto você teve. E você tem que trabalhar muito para manter viva, nessas pessoas que lhe depositaram através do voto sua confiança, a mesma chama que as fez acordar num domingo e ir às urnas tentar mudar o Brasil”.

Banner Rodapé

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.