Após escândalo com prefeito interino, vereador defende novas eleições em Bayeux

251
COMPARTILHE

O vereador de Bayeux, Adriano Martins (PMDB) – autor do pedido de cassação do prefeito afastado Berg Lima (sem partido) – está defendendo a realização de novas eleições na cidade, caso fique comprovada a suposta cobrança de dinheiro pelo prefeito interino Luiz Antônio (PSDB) para divulgar material que comprometeria Berg. As declarações foram repercutidas pelo programa Correio Debate, da Rede Correio/Sat.


Leia também: Prefeito interino de Bayeux é investigado há mais de um mês pelo Gaeco

Ele disse Berg errou e por isso deve pagar pelo que fez. Para Adriano, não se pode justificar um erro com outro, e lembrou que Luiz Antônio deve ser punido caso as denúncias contra ele sejam confirmadas. “Se o prefeito Luiz tiver na mesma situação que Berg, acreditamos que o povo deve decidir e não trazer o que estava errado de volta ao comando da cidade”, afirmou.


Leia mais notícias de Política

O presidente da Casa, vereador Noquinha (Livres), disse que a Câmara está discutindo o caso para se posicionar e lembrou que em caso de ter que assumir a prefeitura, está pronto para a missão.

A vereadora França (Podemos), que atua como relatora do caso que pede a cassação de Berg Lima, disse que está aguardando o prazo de recurso dado a Berg para que o processo possa tramitar.

Segundo a parlamentar, o prazo terminaria nesta terça-feira (24), mas por conta dos últimos acontecimentos envolvendo o prefeito interino, ficou para esta quarta-feira (25).

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas