Início

As séries de grande sucesso impactam a realidade da sociedade?

Em 2020, muitas séries se destacaram nas plataformas de streaming. The Crown, Emily em Paris e O Gambito da Rainha são exemplos de produções de grande sucesso, muito assistidas e também muito comentadas nas redes sociais.

Mas será que, como resultado dessa grande audiência em escala global, as séries e filmes nos afetam, como indivíduos e como sociedade? É possível que, de algum modo, estas produções interfiram e/ou alterem o nosso comportamento?

Muitos afirmam que impacta a forma como nos vestimos, comemos e falamos. Outros acreditam que inconscientemente somos induzidos a comprar algo, decidir destinos de viagens ou até influenciar nas músicas que queremos ouvir. Alguns ainda afirmam, de acordo com a série que estejamos assistindo no momento, até as nossas opiniões podem estar diretamente relacionadas ou alteradas.

“O ser humano é o que é ao estar no mundo: agir, produzir, consumir, relacionar-se… Dessa forma, há influência direta da produção midiática na nossa subjetividade”. Quem afirma isso é a psicóloga clínica, mestre e doutora pela Unesp, Deborah Perez. Segundo ela, as produções audiovisuais ajudam a formar a nossa personalidade de uma maneira geral.

A psicóloga assegura também que muitas pessoas, após assistirem a uma série ou filme de grande sucesso, passam a reproduzir características e até mesmo situações dos personagens. “A imitação se dá de maneira natural, pois o ser humano é um gregário. Isso significa que somos naturalmente sociais e precisamos do outro para olhar para si, para identificar o que neles se parecem ou se diferenciam. Todo esse processo vindo das produções midiáticas funciona como uma âncora para o autoconhecimento”, diz Deborah.

Será que isso é verdade mesmo? O comportamento e personalidade dos personagens nos afeta realmente? Elementos de uma ficção podem ser incorporados à nossa realidade?

Como intuito de responder a essas questões, analisar três séries de grande sucesso e verificar se, de fato, elas exerceram alguma influência no comportamento das pessoas.

O Gambito da Rainha

Protagonizada por Anya Taylor-Joy e ambientada nos anos 1960, a minissérie conta a história de Beth Harmon, uma enxadrista em sua jornada para se tornar a melhor do mundo.

A construção dessa trajetória é notoriamente marcada pela evolução do figurino da protagonista: dos opressivos uniformes monocromáticos do orfanato, até a elegância peculiar de uma mulher de personalidade forte e independente.

Mas, obviamente, o foco da série é o xadrez. Em cada episódio, a produção conecta as brilhantes jogadas de Beth com a evolução de sua vida pessoal. A obra dá uma nova dimensão ao xadrez e transforma o ambiente silencioso e monótono das partidas em tensão e adrenalina, não permitindo que pareçam repetitivas. Deste modo aumentou consideravelmente o interesse das pessoas pelo jogo e pelas jogadas citadas na série.

Emily em Paris

A série conta a história de Emily (Lily Collins), uma jovem executiva de marketing que consegue o emprego dos seus sonhos em Paris.

Alguns dizem que a séria foi bem recebida graças ao formato leve dos seus episódios e à receita já consagrada das comédias românticas. Mas, além disso, o sucesso de Emily em Paris é resultado da perfeita combinação de looks, da fotografia e dos pontos turísticos clássicos de Paris.

Não tinha como dar errado. E não deu. Na semana de seu lançamento, a série foi a mais maratonada do mundo e influenciou diretamente a moda, o turismo e o consumo de determinadas peças:

The Crown

A série histórica e biográfica sobre a realeza britânica conseguiu o feito de provar que todos na família real são símbolos pop, e não apenas a Princesa Diana e Kate Middleton.

The Crown conseguiu o grande feito de mudar a forma como os britânicos veem os membros da realeza hoje em dia e, de acordo com um estudo conduzido pela Betway, site de roleta online, impactou também a forma das pessoas se vestirem:

Indo além

As mudanças provocadas nas pessoas não se restringem a poucas séries. Muito pelo contrário, como o consumo de produções audiovisuais em plataformas digitais tem se intensificado, é esperado que, seguindo a mesma lógica, essas outras produções também impactem a sociedade, fazendo com que mais pessoas incorporem seus elementos.

Como há uma relação direta entre a curiosidade sobre algo e a procura sobre isso nos mecanismos de pesquisa, essa influência é refletida nos mecanismos de buscas do Google. No infográfico abaixo, fica fácil visualizar o aumento de interesse das pessoas por determinadas palavras-chave após o lançamento de algumas séries e filmes. Confira!

Obviamente, existe lógica e fórmula para o sucesso no audiovisual. É o que afirma Flávia Mendonça, socióloga formada pela UNB, atualmente mestranda em sociologia também pela UNB e especializada em Sociologia da Cultura.

“No audiovisual tem sempre muita análise de dados, estudos e pesquisa de mercado. As plataformas digitais de streaming, por exemplo, conseguem facilmente traçar o perfil dos assinantes e, com isso, produzir produtos com base no que faz mais sucesso”, explica Flávia.

Portanto, com o aumento do consumo de streaming associado a uma fórmula de sucesso estrategicamente definida, é natural que sejam criadas mais produções que tenham chance de cair nas graças do público. Resultando, em maior ou menor escala, em impacto e influência sobre a sociedade como um todo.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.