Início Notícias

Aulas são suspensas em JP e creches vão funcionar com expediente reduzido

As aulas nas escolas municipais de João Pessoa foram suspensas e as creches terão o expediente reduzido. A decisão foi tomada garantir a manutenção dos insumos essenciais para o funcionamento das instituições durante a greve dos caminhoneiros.

A medida no setor da educação atende a um pedido do Sindicato dos Servidores em Educação do município. Em função da iminência de falta de gás e da falta de perspectiva de fornecimento, as creches municipais vão funcionar durante esta semana em apenas um expediente.

Pela dificuldade de servidores em se deslocar para o trabalho, o expediente será corrido nas Unidades de Saúde da Família e nos serviços prestados pela Secretaria de Desenvolvimento Social.

O prefeito Luciano Cartaxo (PV) esteve reunido, na manhã desta segunda-feira (28), com secretários e diretores de pastas estratégicas para dar continuidade ao monitoramento e à adoção de medidas para reduzir os impactos da crise de combustíveis que atinge a cidade e o País.

O apoio aos consumidores tem sido intensificado pelo Procon Municipal. “O monitoramento é permanente para evitar ainda mais transtornos. Foi nesse sentido que adotamos um conjunto de medidas que atendem a população e também os servidores municipais”, explicou o prefeito.

Durante a reunião, o secretário Adalberto Fulgêncio informou que todas as unidades de saúde estão funcionando com ambulâncias e geradores abastecidos, estoques de medicamentos e insumos e coleta normal do lixo hospitalar.

Em relação à limpeza urbana, o superintendente da Emlur, Lucius Fabiani, também garantiu que a coleta domiciliar segue normalmente, assim como os serviços de recolhimento de poda e outros materiais. A exemplo dos últimos dias, a frota de ônibus seguirá oferecendo o serviço regular à população.

Participaram da reunião convocada pelo prefeito Luciano Cartaxo os secretários Hildevânio Macedo (Gabinete), Adalberto Fulgêncio (Saúde), Edilma Ferreira (Educação), Lucius Fabiani (Emlur), Adalberto Araújo (Semob), Helton Renê (Procon), Roberto Wagner (Administração), Adenilson Ferreira (Receita), Sérgio Barbosa (Finanças), Sargento Dênis (Segurança).

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.