Moeda: Clima: Marés:
Início Entretenimento

Bacurau segue em cartaz no Cine Bangüê; veja programação de fevereiro

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) divulgou a programação do Cine Bangüê até o dia 19 de fevereiro, em João Pessoa. Entre os destaques da lista de exibição estão O farol (2020), ‘Adam’ (2019) e ‘Açúcar’ (2020). Continua em cartaz o filme ‘Bacurau’ (2019). As entradas custam R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).

Leia também:

Programação 

Sinopses 

  • Bacurau 

Num futuro próximo, Bacurau, um povoado do sertão de Pernambuco, some misteriosamente do mapa. Quando uma série de assassinatos inexplicáveis começam a acontecer, os moradores da cidade tentam reagir. Mas como se defender de um inimigo desconhecido e implacável?

  • Deus é mulher e seu nome é Petúnia 

Em Stip, uma pequena cidade da Macedônia, sempre no mês de janeiro o padre local joga uma cruz de madeira no rio e centenas de homens mergulham atrás dela. Quem recuperar o objeto tem garantia de boa sorte e prosperidade. Desta vez, Petúnia mergulha na água por um capricho e consegue agarrar a cruz antes dos outros, deixando os concorrentes furiosos: ‘como usa uma mulher participar do ritual’? Todo o inferno se abre, mas Petúnia mantém o seu chão. Ela ganhou a cruz e não vai desistir.

  • Adam

A viúva Abla dirige uma modesta padaria em sua casa em Casablanca, onde vive com sua filha de oito anos Warda. Sua rotina é interrompida pela chegada de Samia, uma jovem grávida procurando por emprego e moradia. Abla não imaginava que ao deixá-la entrar sua vida mudaria para sempre.

  • Açúcar

Bethânia retorna às suas terras onde uma vez funcionou um antigo engenho de açúcar da sua família, o Engenho Wanderley. Entre lembranças, criaturas fantásticas, contas a pagar e trabalhadores reivindicando seus direitos, Bethânia enfrenta a si mesma em um presente onde passado e futuro são ambos ameaçadores.

  • O farol 

Final do século XIX. Quando um novo zelador chega a uma remota ilha para ajudar o faroleiro, a convivência entre os dois homens é tensionada pelo isolamento. Entre tempestades e goles de querosene, o novato tenta descobrir os mistérios que existem nas histórias de pescador de seu chefe. Um conto náutico de Robert Eggers, aclamado diretor de “A Bruxa”, sobre loucura e medo.

  • Retablo

No alto de uma remota montanha peruana, Segundo, de 14 anos, se prepara para seguir os passos de seu pai na tradicional e folclórica arte de construir retablos – caixas artesanais que narram complexas histórias, cenas religiosas ou importantes eventos cotidianos. O garoto reverencia o pai, apesar de, aos poucos, começar a ficar inquieto ao perceber que o peso de carregar o legado da família nos ombros irá mantê-lo na montanha para sempre. Quando ele descobre um segredo de seu pai, passa a enfrentar a realidade crua de sua paisagem profundamente religiosa e conservadora.

  • O filme do Bruxo Aleixo

Bruno Aleixo é convidado a escrever o roteiro de seu filme biográfico e, apesar de sempre ter as melhores ideias, acaba pedindo ajuda a seus amigos Busto, Bussaco e Renato. A partir disso, se desenvolve uma espécie de brainstorm sem sentido em que as sugestões se concretizam na tela. Sucesso na internet, o cachorro-ewock português agora chega aos cinemas brasileiros.

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.