Moeda: Clima: Marés:
Início Geral

Bancários lançam cartilha para combater assédio moral e sexual em agências

Iniciativa contribui para enfrentamento e criação de mecanismos para a prevenção dessas formas de violência no ambiente de trabalho
Protesto assédio bancários
(Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Bancários da Paraíba lança, nesta quinta-feira (9), a cartilha “Assédio Adoece e Mata”. O lançamento começou com uma ação em agências bancárias do Centro de João Pessoa, pela manhã, e o evento de lançamento ocorre na sede da entidade (Avenida José Américo de Almeida, 3100 – Tambauzinho), a partir das 19h.

O presidente do Sindicato, Lindonjhonson Almeida, explica que a cartilha reúne diversas orientações e definições de assédio, violência de gênero e discriminação. De acordo com o dirigente sindical, a iniciativa contribui com o enfrentamento e a criação de mecanismos para a prevenção dessas formas de violência no ambiente de trabalho. A cartilha também lista canais de denúncia, equipes de acolhimento e demais ferramentas de apoio às vítimas.

“Muitos bancários estão adoecendo, sendo acometidos por doenças psicológicas. Não vamos admitir e vamos lutar contra as supressões e as metas abusivas”, disse Lindonjohnson nas redes sociais da entidade sindical.

Segundo dados do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de João Pessoa, essa é uma das categorias com maior índice de afastamento por adoecimento psicológico causado pelo assédio dentro das agências.

“Só ano passado, conforme os dados mais atuais, a nível de João Pessoa, dos 48 atendimentos realizados, 17 bancários seguem afastados pelo INSS e estão impossibilitados de retomar as atividades laborais em João Pessoa por adoecimento psíquico”, revela relatório do Cerest.

Receba todas as notícias do Portal Correio no WhatsApp

publicidade
© Copyright 2024. Portal Correio. Todos os direitos reservados.