Início Geral

Banda paraibana mostrar? o novo ?Funk-Rock-Oxente? durante concurso em S?o Paulo

A banda ADZ – Abrad´Os Zóio, formada por músicos paraibanos, está participando de um concurso cultural para se apresentar e levar a sua mistura de ritmos para o “Festival João Rock”, considerado maior festival de Rock´n Roll do interior de São Paulo. O concurso consiste em cada pessoa cadastrada na rede social Facebook, entrar no site http://www.joaorock.com.br/bandas/adz-abrados-zoio, fazer o login com a conta da rede social e, em seguida, “Votar nessa banda”. O período de votação encerra-se dia 15 de maio.

O interesse da banda é disseminar o ritmo carinhosamente intitulado de Funk-Rock-Oxente da nova MPB – Música Paraibana Bacana, da capital paraibana para o interior de São Paulo, além de representar o Estado da Paraíba da melhor maneira possível para os espectadores do festival.

A banda busca para esse evento mostrar toda a sua bagagem artístico-musical para que o público de São Paulo conheça o conceito do grupo, que é algo ainda singular no Estado da Paraíba. Segundo o vocalista da banda, Yuri Carvalho “é grande a expectativa de poder sair de João Pessoa, nossa terra natal, e tocar para um público que desconhece, ainda, nosso Funk-Rock-Oxente! Será gratificante demais poder representar a Paraíba nessa grande evento. Contamos com o vosso apoio, hein Zoião (maneira carinhosa de chamar os fãs e admiradores da banda ADZ)”, justificou o cantor.

Abrad’ Os Zóio

A ADZ nasceu em 2011, de uma forma um tanto que despretensiosa, e foi agregando aos poucos os seus componentes, até alcançar sua atual formação – Yuri Carvalho, Relações Públicas por formação e atuante na música desde a juventude, por meio do Coral Paraibano Voz Ativa (vocal), Pedro Medeiros, licenciado em Música e educador multi-instrumentista (Direção musical e guitarrista), Iradi Luna e George Glauber, ambos mestre em música e educadores musical (baixo e bateria, respectivamente) e Lucas Dan, bacharel em música e especialista em acordeom (teclado, percussão e sanfona).

Tem enquanto proposta levar o Funk-Rock-Oxente, uma mistura de ritmos num caldeirão efervescente, para todos os povos, disseminando assim, a diversidade cultural. Um som feito em louvor à cultura e às raízes paraibanas para o grande público, enaltecendo os nossos signos culturais, o nosso coco de roda, as nossas figuras sociais que fomentam a cultura do Estado, assim como unir o melhor do Rock, Funk, com a música regional, o Baião, o Maracatu, o Samba-groove e as várias nuances da grande MPB, que na visão da banda recebe um novo significado, sendo assim, a Música Paraibana Bacana. Como principais influências sonoras e poéticas, a banda leva na bagagem trabalhos de artistas como Djavan, Lenine, Tim Maia, Chico Science, Cátia de França, Vital Farias, Chico César, Pedro Osmar e diversos artistas paraibanos.

“A ADZ surgiu da necessidade de se fazer música com uma identificação pessoal dos integrantes, que buscou nas raízes intimistas, um encontro entre o trabalho e o prazer”, afirma o vocalista, Yuri Carvalho.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.