Bandidos invadem creche e contaminam 6 mil litros de ?gua com lixo, na Para?ba

10
COMPARTILHE

A creche Sinhazinha Celino, que funciona no bairro da Catingueira, em Campina Grande, teve as aulas suspensas, por tempo indeterminado, depois da ação de criminosos durante o fim de semana.  Os bandidos teriam aberto as caixas d’água da creche, que possuem capacidade para 3 mil litros cada uma, e jogado lixo dentro delas, contaminando toda a água. Cerca de 130 crianças estariam sendo prejudicadas.

Leia mais Notícias do Portal Correio

Em entrevista à TV Correio HD, a diretora da creche, Josilene Alves, constatou o problema quando chegou para trabalhar, nesta terça-feira (3). Ela encontrou os dois reservatórios de água com as tampas abertas e cheios de lixo.

Ainda segundo a diretora, antes de inutilizar a água, os suspeitos tomaram banho. “Eles fizeram das caixas d’água uma espécie de ‘piscina particular’. Os criminosos ainda quebraram os cadeados e danificaram as lâmpadas”, disse.

Por causa da contaminação, a creche foi fechada e os trabalhos serão retomados quando o abastecimento na cidade voltar, o que deve ocorrer na quarta-feira (4).

“Está previsto para chegar água nesta quarta, mas não temos certeza. Muitas das crianças que estão matriculadas na creche são de extrema pobreza e não tem do que se alimentar em casa. Então, elas fazem as refeições na creche”, lamentou a diretora.

De acordo com a diretora da escola, o caso foi registrado em delegacia e deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas