Moeda: Clima: Marés:
Início Notícias

Barbeiro diz ter sido agredido por dois policiais militares na PB

Um barbeiro de 32 anos denunciou que foi agredido por dois policiais na madrugada do último domingo (5). A agressão aconteceu na cidade de Fagundes, região de Campina Grande, no agreste paraibano. Segundo a vítima, os policiais agrediram ele e um vizinho, fisicamente e verbalmente, por estarem sentados na calçada de casa. Uma câmera de segurança registrou toda a ação dos policiais. Do outro lado, a PM afirma que teria recebido denúncias anônimas sobre bebedeira e som alto na madrugada.

Segundo o barbeiro Fabiano Ribeiro, ele estava sentado na calçada de casa com vizinhos, quando uma viatura da PM parou e perguntou quem era Fabiano. Quando ele se identificou, um dos policiais alegou que aquilo seria uma aglomeração de pessoas. Fabiano perguntou se três pessoas sentadas na calçadas era aglomeração, em seguida, um policial foi em sua direção e o ergueu da calçada, rasgando a camisa.

Câmara de segurança registra detalhes da abordagem dos policiais (Foto: Câmeras de segurança/Reprodução/Instagram do denunciante)

O vizinho dele, que também estava sentado na calçada, tentou apaziguar a situação, mas foi surpreendido com tapas e empurrões. De acordo com as vítimas, em nenhum momento os dois apresentaram resistência ou desacato aos policiais.

Conforme o barbeiro, quando ele afirmou que havia câmeras de segurança, os policiais mudaram a postura, tentaram corrigir a ação e informaram que o levariam para a delegacia da cidade de Queimadas, na mesma região, para prestar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Barbeiro, Coronavírus

Foto: Câmeras de segurança/Reprodução/Instagram do denunciante)

Câmeras de segurança

O barbeiro publicou nas redes sociais as imagens da câmera de segurança da casa dele, onde mostram que ele e o vizinho são agredidos fisicamente e verbalmente pelos policiais. Amigos da vítima e vários usuários compartilharam os vídeos.

Foto: Câmeras de segurança/Reprodução/Instagram do denunciante

Segundo Fabiano, a esposa dele correu para fora de casa e começou a filmar a ação dos policiais pelo celular dela e um deles tentou tomar dela o aparelho, mas ela se escondeu em casa.

“Ele foi atrás da minha esposa e chutou o portão da minha residência. Meu filho de 10 anos presenciou tudo o que passei, assim como meus vizinhos também. Minha esposa e minha vizinha foram xingadas. Outros vizinhos acordaram e todos vieram me defender”, relatou nas redes sociais.

Foto: Câmeras de segurança/ Reprodução/ Instagram do denunciante

‘Orientação’ sobre depoimento

A caminho da delegacia, Fabiano gravou um áudio dentro da viatura, no qual consta que os policias tentaram mudar o seus depoimentos. Insistiram para que falassem ao delegado que estavam em uma “bebedeira, com som alto e aglomeração de pessoas”. O barbeiro não concordou e disse que falaria a verdade. Os policiais continuaram insistindo, alegando que se aquela versão fosse dita ele não teria problemas.

“Nós afirmamos a eles que não iríamos mentir, nem omitir o que realmente tinha acontecido. Eles estavam tentando impor isso sobre mim e meu vizinho antes de entrarmos na viatura, eu sabia que eles iriam continuar e coloquei o celular pra gravar quando a gente entrou na viatura”, disse Fabiano.

Ouça:

 

Ele ainda afirmou que até essa quarta-feira (8), havia assinado apenas o TCO e que vai procurar a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência (BO) contra os policiais.

Polícia Militar

O comandante da 3ª Companhia Independente da PM, Major Figueiredo, responsável pela da cidade de Queimadas, contou ao Portal Correio que a polícia foi até o local após receber uma denúncia anônima, informando que um som alto estava incomodando a vizinhança por volta das 2h. A polícia se encaminhou para o local relatado na denúncia e procurou por Fabiano.

Segundo o comandante, uma sindicância foi aberta, apurando os fatos alegados e usando as imagens da câmera de segurança e depoimentos na investigação. Em cerca de 30 dias, a PM deverá concluir o caso.

Comentários

Aderson Cavalcanti disse:

Estamos em estado de sítio? Existe uma história que eu vou narrar : Um amigo disse para o outro
_ Eu comprei um jipe,não sei a cor que vou pintar.
O amigo diz:
_ Pinta de verde!
_ Não posso é da cor do exército.
_ Pinta de cinza!
_ Não posso é da cor Aeronáutica.
_ Pinta de branco!
_ Não posso é da cor da Marinha.
O outro amigo,diz com raiva:
_ PINTA DE COR DE MERDA!
_ Não posso é da cor da POLÍCIA!

Ronny Tenório Lyra disse:

Sei como que é muito bem isso !! Um militar quando chega aqui em sp São visto como irmão de fardas ao se indentificar já no nordeste quando um vai passeia em casa de parentes que ocorre uma situação dessa que quando pessoas vai daqui pra lá vai pra passar uns 20 dias de animação sor que tem uns invejosos que chama a polícia a pessoa com som alto aí quando os QRA chegar e pega os documentos sabe que é um policial aí essa é a única forma deles agir !!

J.Cavalcanti disse:

Independente dos motivos, os policiais podem ser processados por abuso de autoridade, bem como o Estado também responderá por danos morais.
Justiça pra cima destes que se dizem representantes da lei.
Isso é uma vergonha para a policia militar.

Jaime disse:

Quem é contra a polícia não precisa nem falar que é mau elemento

Jaime disse:

Quem e contra a polícia é marginal

Jadel disse:

Tem que expulsar da corporação esse mal elemento esses policiais, não representa a corporação. Acredito que esse trabalha não para o bem da sociedade trabalha para conseguir proprina como muito aí na Paraíba.

Pedro disse:

Quando jovem, meus vizinhos chamaram a Polícia por conta das minhas festas, algumas vezes. Nunca encostam em mim, sequer foram mal educados. Estes aí, erraram.

Reinaldo disse:

Aqui na cidade de Barauna povo apanha direto também de um Sargento chamado Cabeça branca em preno século 21 ainda existe servidores públicos pq acha que usa uma fada lhe dar direito de bater na cara do povo.

José Maria disse:

Cidadão vc só esqueceu de apaga o horário das filmagens 2 horas da manhã o senhor queria que os policiais li desse um beijo e um abraço na de li aborda e se o senhor cidadão estivesse armado e empunhace e atirace no polícia sabe oque ia acontecer ele não voltaria mais pra casa pra ver seus filhos portanto os policiais estão certíssimo esse corretivo que vc levou e pra vc não fazer mais esse tipo de coisa parabéns irmão avante eu tou com vcs

Tércio de jesus disse:

Pra mim a polícia tem toda a razão porque com essa epidemia o povo quer ficar na rua 2 horas da manhã tem que levar pau mesmo na rua que eu moro todos são pessoas de bem mesmo assim eles ouve música muito auto estou mudando da minha casa por isso acho uma falta de respeito som tao auto por isso sou a favor para ter respeito tem que combater da pior forma mesmo na porrada pq conversa não funciona mais o povo perdeu a vergonha na cara pra mim é vandalismo porrada neles

Baixinho disse:

Bando de safado esses cuzao do caralho,sao tudo corno esses arrombados enquanto estao batendo em trabalhador ,o pe de pano ta pegando a mulher dele de 4 e dando varios tapa na bunda dela,mais um dia ele paga a hora dele vai chegar

Paulo Santos disse:

Na real todo dia tem isso polícias roubando matando estorquindo hoje só defende policial são seus comandantes que sao tudo aliado e familiares deles mesmos e pessoas que ainda não foram vítimas deles mais a qualquer momento podem ser

Santos disse:

O problema é que a maioria das pessoas só sabem julgar os policiais, mas a maioria não se coloca no lugar, será mesmo que quando eles chegaram os cidadãos de bem respeitaram e ao pedido dos policiais entram para suas casas, não muitas das vezes tratam com ignorância e arrogância os policias. Nao estou aqui para defender nem a nem b, mas para se justo devemos primeiro respeitar as pessoas para ser respeitados.

Janperson disse:

2h da manhã
Com som ligado
Perturbando a vizinhança que irá trabalhar no outro dia.
A polícia tá certa mesmo, quebra no pau, quero ver esse vagabundo perturbar com som de novo a vizinhanca de trabalhadores.

Joe disse:

Covardia

Joel disse:

Vou deixar minha opinião tudo isso eu acho uma covardia eu conheço muito o rapaz quê foi agredindo pelos os polícia…ele e um pai de família respeitado pela população Fagundes se uma pessoa que eu admiro muito…em fim esse polícia que vestem uma farda eles tem que honrar a farda que usa não se senti o dono do mundo e chegar batendo esculachando ninguém não eles tem que ser afastado sim da corporação e pagar pelos erros … não todos polícias são fogado mas a maioria sim e isso mim revolta!! meu amigo não só vc que quê justiça mas sim eu e toda população Fagundes se

Justiceiro Hroth-Beorht disse:

Imaginem quando não existia a tecnologia. O que aprontavam, esses bandidos, fantasiados de policiais. O que não cometiam de abuso de autoridade, truculência e outros delitos.

Francisca Martins disse:

Aproveitou-se do fato de estar na frente de sua casa e tendo as câmeras de vigilância ao fundo, para, no mínimo, desrespeitar os policiais e provocar toda essa situação.

Leandro Ribeiro disse:

Parabéns à polícia militar que agiu com o rigor necessário para fazer cessar essa grave perturbação ao sossego alheio. Não se pode admitir uma aglomeração de pessoas às duas horas da manhã com bebedeira, gritaria e algazarra.

Carlos p souza disse:

Isso que dá quando se delega poder a homens despreparado.
Essa é a razão que muitos policiais perdem a vida é não o motivo.

Rodrigo disse:

Esse tipo de “cidadão” não respeita as leis e se acha intocável. Pode perturbar o sossego de toda a vizinhança a qualquer hora e ninguém pode denunciar à polícia.

Jorge da Silva disse:

Pergunta a esse cidadao desde quando esta na frete da residencia conversando e crime e foi isso que os amiguinho dele fez viste a farda de um intidade de respeito fazer o error e querer inpor que a vitima minta assim como ele foi macho pra agredi seja a mesma coisa no pe de máquina e tomara que oficial deixe eles uns seis meses no chadrex sem vencimiento

LUCIANO disse:

Vc não sabe o que aconteceu realmente. Larga de assistir Globo e ficar alienado PeTralha.

Aderson Cavalcanti disse:

Estamos em estado de sítio? Existe uma história que eu vou narrar : Um amigo disse para o outro
_ Eu comprei um jipe,não sei a cor que vou pintar.
O amigo diz:
_ Pinta de verde!
_ Não posso é da cor do exército.
_ Pinta de cinza!
_ Não posso é da cor Aeronáutica.
_ Pinta de branco!
_ Não posso é da cor da Marinha.
O outro amigo,diz com raiva:
_ PINTA DE COR DE MERDA!
_ Não posso é da cor da POLÍCIA!

paulo reis disse:

posso imaginar, dois pais de familia, duas horas da madrugada, tratando de assuntos serios, em uma calçada, então a policia advinha isso e vai lá, Tenham paciencia esses dois vagabundos devem ter sacaneado com os policiais e agra querem dar uma de santo. Quero ver o povo de fagundes denunciar a venda de drogas, filmar e levar ao conhecimento da imprensa quem realmente é covarde e violento em Fagundes,

Des777 disse:

Tem vídeo e áudio, viaja não.

Odair disse:

Sempre tem os Babas Botas de polícia

RODRIGO GOMES AMARAL disse:

Eu sou trabalhador e pai de família e eu não sabia que eu tenho que está dentro da minha casa a hora que vc acha que devo não, quem é vc pra dizer o horário que tenho de entrar dentro da minha casa.
O horário que estou na porta da minha casa ou qualquer outro lugar não diz quem eu sou.
Seu fudido.

Luciano Júnior disse:

São BANDIDOS FARDADOS
MARGINAIS pagos pela população que eles não respeitam nunca!
Esses VAGABUNDOS merecem ser excluídos da corporação!

LUCIANO disse:

Vagabundo é vc. Sou vizinho desses dois. Aliás dentro da casa tinha mais umas 10 pessoas gritando e ouvindo som alto. Já era de madrugada. Tem vizinhos doentes do lado. Alem do mais um dos presos tinha várias passagens por tráfico. Larga de ser demente e ficar defendendo bandido. O problema do Brasil é o BRASILEIRO!

Franciscon Alves de araujo disse:

Bandidos de farda uma vergonha pra corporação quero oficial expulsem esses criminosos. Por isso que eu falo se fosse das forças armadas era cadeia e ligo em seguida expulsão.

Stive disse:

Ai agora vendo só a versão do denunciante editada ao seu Bel prazer você sem conhecer os policiais decidiu que eles são tudo isso parabéns espero que nunca precisa ligar parava pm pedindo auxílio por som alto na sua vizinhança o único erro dos policiais aí foi não encaminhar o denunciante junto para formalizar o TC

Jonathan disse:

(Som Alto)*** corrigindo.

Jonathan disse:

Todo vagabundo arruaceiro tem a mesma desculpa. Se a vizinhança ligou foi porque havia perturbação do sossego, ninguém é obrigado a escutar sim alto de vagabundo.

Emanoel Polari disse:

Ele tentou dizer, mas levou uma bordoada antes.
Como já diz a sabedoria popular: “tapa dada na cara e coice de mula nos peito, não há juiz no mundo que tire”…

Flavio Davi BOEHME disse:

Tem muito policial responsável
Mais tem uns 40% de bandido dentro da propia polícia e tem mais nem pra limpar o batalhão serve mui.menos policial que teria que dar valor e respeita acho que pode estravasar em uma briga não o de avia tranquilidade e aí corer atrás da mulher do indivíduo e assim filho ver ….
Que e isto o cara e bandido e barulho não tem hora se estiver fazendo pode ser ao meio dia que não pode…e horário desculpa não tem toque de recolher somos livre claro sem incomodar a vizinhança
Mais no meu ver os policiais usaram de força demasiada …tentar rnvadir sem mandato e acuar o cidadão tentando pegar o celular e ainda levado o cidadão a mentir no b.o
Este tipo de policial tem que ser expulso do batalhão sem direito algum
Por justa causa e não ir fazer servicos internos

Policiais limpe o seus nome denunciando impróprio companheiro inconduto pra tal qual profissão que tem que mostrar respeito e caráter e acima de tudo dar exemplo pra crianças
E deichar pra usar o estes em uma operação com mais perigo onde a bandido de verdade armado
…tenho raiva de policial que se dá de machão com civil e quando chega em dona de chumbo derretido se caga….

Um tiro no escuro disse:

“Parabéns”, perdeu o sossego agora pra sempre, acha que os policiais vão responder de boa, e até vai, mas caso haja punição quero mesmo ver onde tu vai se esconder, pq será que os caras vão ficar em casa?

Juntar oficina de justiça disse:

Marginal fardado na sociedade tem que ser expulso da corporação Sr comandante punição a estes marginais fardado vc estão vendo que não e mentira são bandidos fardados .

Juntar oficina de justiça disse:

São policial vagabundo sem formação estes elemento usando uniforme do estado não passa de marginais fardado na sociedade estes bandidos fardados tinha que ser expulso da corporação se não este Brasil não vai pra frente com tantos bandidos fardados e roubando a nossa sociedade denuncia estes marginais fardado.

Laís disse:

A desobediência é triste! Se estes caras estivessem em suas casas, nada disso teria acontecido, o que algumas pessoas estariam fazendo as 02:34 da manhã em meio de rua, como mostra no vídeo?!

João Paulo disse:

Enquanto a polícia não limpar/excluir essas “minórias” continuarão sem o respeito e confiança que a maioria merece.

Inácio Nóbrega disse:

Que absurdo .Estamos vivendo em uma ditadura na Paraíba.

Fernanda disse:

Bom dia!
Meu nome é Fernanda moro na cidade de Fagundes-pb.
Quero pedir que por favor não deixe passar em Branco a má conduta do policial militar que trabalha aqui no município, que agrediu um pai de família honesto e trabalhador, ainda por cima na frente do filho e da esposa dele. A polícia mesmo sendo autoridade, tem que dar exemplo e saber falar com as pessoas, e não se sentir no direito de chegar batendo como se fosse dono do mundo. Não podemos deixar que esses covardes se escondam atrás de uma farda pra bater em gente de bem humilhar os cidadãos, e continuar circulando nas ruas como se nada tivesse acontecido. Uma covardia dessa não pode passar em Branco, se fez com Fabiano pode fazer com qualquer outro cidadão de bem. Denunciem esses covardes.

Alves disse:

2 horas da manhã conversando na calçada? Importunando a vizinhança. Esse povo quer denegrir a imagem da Polícia Militar.

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.