Início Geral

Beb?s com microcefalia devem ser levados ao CRMIPD em JP; veja servi

Os bebês com microcefalia em João Pessoa devem ser levados para o Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoa com Deficiência (CRMIPD), na Rede Municipal de Saúde.

Leia também:

* Criança com microcefalia deve ser acompanhada por saúde pública; veja como

* PB tem 56 casos confirmados de microcefalia e outros 427 em investigação

Para os atendimentos nesses casos, o Centro recebe os encaminhamentos das Unidades de Saúde da Família (USFs) e regula as consultas para atendimentos em neuropediatria, realizados no próprio CRMIPD, e quando identificado necessidade de avaliação complementar em áreas oftalmológicas e auditivas são encaminhadas para clínicas e centros conveniados.

Além de atendimento para os casos de microcefalia, o Centro de Referência Municipal de Inclusão para Pessoas com Deficiência atende também crianças, adolescente e jovens com deficiência e/ou distúrbios de comportamento ou de aprendizagem. Nele são realizados tratamentos precoces e/ou de habilitação/reabilitação das variadas deficiências e distúrbios.

Os atendimentos realizados no Centro são feitos após uma avaliação, realizada todas as sextas-feiras. Depois da triagem os usuários recebem atendimento individualizado ou em grupo, em um ou mais tipos de terapia de habilitação/reabilitação de acordo com a necessidade de cada usuário.

Atualmente o CRMIPD possui 299 usuários cadastrados com alguma deficiência física e mental, que são beneficiadas com serviços de educação, saúde e assistência social e com uma equipe multidisciplinar nas mais diversas especialidades como psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, arte terapia, educação física adaptada, musicoterapia, libras, psicopedagogia, especialidades médicas (neuropediatria, neurologia e pediatria), psicossocial.

O atendimento acontece de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h. O serviço pode ser procurado pela população diretamente no local, sendo necessário apresentar um laudo médico.

Para mais informações sobre o centro, a população pode entrar em contato pelo número 3218-9807.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.