Início Esportes

Belo vence Palmeira-RN em primeiro amistoso da pré-temporada

Não foi uma partida de encher os olhos do torcedor alvinegro, que lotou a arquibancada da Maravilha do Contorno, mas o Botafogo-PB venceu o Palmeira de Goianinha-RN por 3 a 0, nessa quarta-feira (19), no primeiro de um série de quatro jogos-treino que o Belo fará em preparação para a temporada 2019.

O Botafogo começou a partida com a escalação que vinha sendo utilizada nos últimos treinamentos, com: Saulo, Roniery, Lula, Walber e Fábio Alves; Rogério, Ronaldo Viana, Clayton e Marcos Aurélio; Adalgiso Pitbull e Nando. O time sentiu a falta de ritmo de jogo e teve um pouco de dificuldade no primeiro tempo.

Quem criou a primeira boa chance foi do Palmeira. Aos 10 minutos, o time potiguar chegou a abrir o placar, mas não valeu. Diego aproveitou falha do goleiro Saulo e mandou para as redes, mas a arbitragem marcou impedimento. A primeira oportunidade criada pelo Belo foi só aos 12 minutos. Fábio Alves cobrou falta, mas mandou por cima da meta defendida por Messi.

Aos 35 minutos, o centroavante Nando foi derrubado na área quando buscava a finalização e o árbitro assinalou pênalti. O próprio camisa 9 foi para a cobrança e abriu o placar. Depois do gol, o Belo melhorou e não demorou para marcar o segundo tento, aos 40 minutos, com o meia Ronaldo Viana, um dos estreantes da tarde.

O Belo já voltou do intervalo com o time todo mudado. Evaristo Piza mandou o time a equipe a campo com: Rhuan, Israel, Donato, Willian Goiano e Charles; Carlão, Marcos Vinicius e Netinho; Rafael Ibiapino, Dico e Paulo Renê. A mudança fez bem ao time, que criou boas chances de gol, principalmente com o trio de ataque, formado por Ibiapino, Dico e Paulo Renê.

Aos 15 minutos, o zagueiro Donato deu dura entrada em Netinho e acabou expulso. Como se tratava de um jogo-treino, ele foi retirado do gramado, mas Piza pode colocar o volante Lucas Ybom em seu lugar. No decorrer do segundo tempo, Piza ainda fez outras mudanças no time. Entraram Nêgo Potiguar e Júnior, nas vagas de Israel e Netinho.

O time criou várias situações de gol, mas a bola só veio entrar aos 32. Marcos Vinícius achou Rafael Ibiapino, que tocou na saída do goleiro Messi para ampliar. O Palmeira teve a chance de diminuir da reta final da partida, em cobrança de pênalti, mas Rhuan pegou a cobrança de Paulinho Macaíba.

Próximo amistoso

O próximo compromisso do Alvinegro da Estrela Vermelha será no domingo (23), contra o América de Natal, às 15h15, no CT do time alvirrubro, em Parnamirim.

*Por Allan Hebert, do Jornal CORREIO.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.