Oportunidade

Nutrição

#SouRepórterCorreio

TV Correio

Berg, Novo tempo
Berg Lima (Foto: Reprodução/Instagram/berglimapb)

Berg fala em ‘esperança de novo tempo’ antes de reassumir prefeitura

Conforme o prefeito, a saída dele da administração do Município foi um erro e Bayeux vem sofrendo com caos administrativo e político

275
COMPARTILHE

O retorno de Berg Lima à Prefeitura de Bayeux é visto por ele como uma oportunidade para “um novo tempo e um novo momento para que uma nova história seja construída”. A declaração foi dada nesta quarta-feira (19), em entrevista ao programa Correio Debate, da Rede Correio Sat.

Leia também: Desembargador determina que Berg Lima pode reassumir prefeitura

Conforme o prefeito, a saída dele da administração do Município foi um erro e Bayeux vem sofrendo com caos administrativo e político.

“Eu vejo com muita serenidade e esperança [a decisão da Justiça]. Acredito que o sentimento de justiça predomina para mim e grande parte da população de Bayeux. É o momento de resgatar a paz política e estabilidade administrativa e financeira do município, que vem sofrendo desde a nossa saída precipitada. É um novo tempo e um novo momento. Acredito que podemos construir uma nova história para a cidade”, afirmou Berg Lima.

Ação civil

Na semana passada, o STJ decidiu que Berg Lima devia voltar à prefeitura, mas a ação civil existente no TJPB ficou no meio do caminho dessa situação e dependia da decisão de magistrados da Corte local. Com isso, a defesa de Berg alegou que a sentença do processo não determinou, em momento algum, a extensão dos efeitos da liminar deferida, o que tornaria o seu afastamento do cargo somente aplicável durante a instrução processual. Assim, pediu o imediato retorno do prefeito afastado ao cargo.

O desembargador determinou a comunicação ao juiz prolator da sentença, ao presidente da Câmara Municipal de Bayeux e ao prefeito em exercício para o cumprimento da determinação de que Berg retorne ao cargo.

A prisão

O prefeito afastado de Bayeux foi preso em julho de 2017, em ação realizada pelo Ministério Público Estadual (MPPB) por corrupção passiva. Ele foi flagrado recebendo dinheiro de um empresário fornecedor da prefeitura, o que configurou recebimento de propina.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas