Início Geral

“Boi de fogo”

A reunião com os prefeitos organizada pela Federação dos Municípios da Paraíba, com a bancada federal, acabou esvaziada. Apenas Benjamin Maranhão (Solidariedade) e Efraim Morais Filho (Democratas) – vale lembrar que são 15 parlamentares paraibanos no Congresso Nacional.

Agora, convenhamos, marcar uma reunião em meio a “um boi de fogo” desses, em Brasília, sem chance de quórum. Se na Assembleia Legislativa, com os deputados morando na Paraíba, se quebra quórum em um piscar de olhos, avalie com a votação do relatório do impeachment da presidente Dilma Rousseff em votação pela Câmara Federal.

Por outro lado, há de se pensar que pode ter havido uma certa batida de pino por parte de alguns parlamentares. É que uma das principais reivindicações dos prefeitos é que os deputados votem contra o veto da presidente Dilma Rousseff à parte da Lei da Repatriação relativo à destinação do montante arrecadado como multa (15% do total repatriado).

Só que Dilma está quase com os dois pés de fora do Palácio do Planalto. Benjamin, cujo partido protocolou novo pedido de impeachment contra a petista, sugeriu aos prefeitos, durante ao encontro ontem que pressionem “seus parlamentares” para que votem a favor da saída da presidente do cargo. Acontece que muitos dos que integram a bancada federal já se posicionaram a favor da permanência de Dilma. Aí eu pergunto: quem danado quer ser pressionado?

Estilo

Nos últimos seis anos, o cargo de procurador-geral do Ministério Público do Tribunal de Contas da Paraíba vendo sendo ocupado por mulheres. A atual, Sheyla Barreto Braga, empossada há seis meses, tem o estilo semelhante ao do presidente da Corte, conselheiro Artur Cunha Lima: sim, sim; não, não.

Comemorando

Presidente estadual do PT do B, o deputado Genival Matias Filho, celebrou em restaurante da Epitácio Pessoa as últimas filiações do partido: Cristiano do IPM, plantador de cana Pedro Jorge Coutinho e Chico do Sindicato.

Estaca zero

E por falar em Chico do Sindicato, ele reclama que a Prefeitura não atende nenhum dos pleitos dos bairros do Cristo, Rangel e Varjão, na Capital.

PPS 1

O PPS se reúne na próxima quinta. A convocação foi feita pelo presidente da legenda em João Pessoa, Bruno Farias. A expectativa é que o PPS decida seu rumo para as eleições do dia 2 de outubro.

PPS 2

O presidente estadual da legenda, Nonato Bandeira, que é o vice-prefeito da Capital, já avisou que não disputará cargos. Então, façam as apostas.

À espera de Moro

O juiz Sérgio Moro – condutor da Operação Lava Jato – virá a João Pessoa, em maio, para uma conferência no evento “Investimento, Corrupção e o Papel do Estado – Um Diálogo Suíço-Brasileiro”. O tema, ele domina muito bem: “Cooperação jurídica internacional e corrupção transnacional”. Será concorrida essa palestra!

Pró-superior

Felipe Leitão comemorou a derrubada do veto do prefeito Luciano Cartaxo ao projeto “Pró-Superior”, que garante bolsas de estudos nas universidades particulares para estudantes das escolas públicas da Capital.

Beneficiados

Segundo Felipe, a Câmara vai promulgar o projeto e a lei passa a ter vigência oficialmente para que milhares de estudantes sejam beneficiados.

Correição

O corregedor-geral de Justiça, Arnóbio Alves Teodósio esteve ontem com o diretor Fórum Criminal da Capital, juiz Geraldo Emílio Porto. Na pauta, a correição no 2º Tribunal do Júri de João Pessoa.

Princesa

Ricardo Pereira, pré-candidato a prefeito de Princesa Isabel, tem o apoio do ex-depurtado Aloysio Pereira, filho do coronel Zé Pereira.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.