Início Executivo

Bolsonaro diz não ter prova de fraudes na eleição

"Usa frases desconexas e verborragia agressiva contra as instituições para animar sua plateia”, disse vice-presidente da Câmara
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Tânia Rêgo/Arquivo Agência Brasil)

“Não temos provas, vamos ser bem claro, mas indícios de que pode ocorrer”. A frase é do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e foi dita durante a live dessa quinta-feira (29). Após garantir que comprovaria que houve fraudes no 2º turno das eleições de 2014, já que nas de 2018 ele desistiu de tentar, quem assistiu à live pôde acompanhar que tudo não passa de um discurso vazio. As informações foram repercutidas pela jornalista da Rede Correio Sat, Sony Lacerda, em seu blog.

Como havia prometido, Bolsonaro levou o tal “hacker do bem”, que iria apresentar as tais provas da fraude na urna eletrônica. Na live, o homem que aparece ao lado do presidente foi apresentado apenas como “Eduardo, analista de inteligência”. Ao final da transmissão, a descoberta: trata-se do coronel da Reserva Eduardo Gomes, nomeado como assessor da Casa Civil pelo ministro Luiz Ramos.

O presidente ainda disse: “Os que me acusam de não apresentar provas, eu devolvo: apresente provas de que ele (sistema eleitoral) não é fraudável”.

No Twitter, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos, disparou: “Como já era de se esperar, a montanha pariu um rato. Em live, Bolsonaro não apresenta nenhuma prova (ninguém racional esperava que apresentasse) de fraude na urna eletrônica. Usa suas frases desconexas e sua verborragia agressiva contra as instituições para animar sua plateia”.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.