Início Geral

Botafogo-PB pode perder at? por dois gols para ficar com o Bicampeonato

Dia de decisão no futebol da Paraíba. Foram cinco meses e 17 dias, para o Campeonato Paraibano de 2014 chegar ao final, com a definição do título. Campinense e Botafogo entram em campo em situação opostas, neste domingo (29) às 17h, no estádio Amigão, em Campina Grande. Os dois times se classificaram no segundo turno e superam Auto Esporte e CSP, respectivamente.

Leia mais notícias de Esporte do Portal Correio

O Campinense precisa vencer por três gols de vantagem para levantar o troféu e comemorar a conquista da competição. Neste caso se igualará ao Botafogo que venceu por 3 a 0, no jogo de ida, disputado quarta-feira, em João Pessoa. A tarefa é difícil, mas para o treinador Freitas Nascimento acredita nesta possibilidade, alegando não ser impossível, estabelecer o resultado satisfatório.

O Campinense que disputou os dois turnos fez o primeiro jogo na competição de 2014, no dia 12 janeiro, empatando com o Santa Cruz de Santa Rita, no estádio Amigão. Começava então a campanha rubro-negra com altos e baixos, mas o time chega a condição de finalista. Mesmo assim, a torcida promete apoiar satisfeita pela superação da equipe nas últimas partidas da fase classificatória.

O jogo de hoje vale, além do título a garantia da vaga nas disputas da Copa do Brasil do próximo ano. Mas, para o Campinense a condição de finalista vale a presença no Campeonato Brasileiro da Série D de 2014, do Campeonato do Nordeste de 2015.

O Campinense, como primeiro lugar do segundo turno com 28 pontos ganhos, enfrentou o Auto Esporte, segundo do primeiro turno. A Raposa venceu o jogo de ida, na fase semifinal por 2 a 0, em Campina Grande e perdeu a partida de volta por 2 a 1, em João pessoa. “Uma das nossas preocupações era colocar o clube no calendário no segundo semestre e conseguimos”, desabava o treinador Freitas Nascimento.

O Botafogo disputou apenas o segundo turno e terminou na segunda colocação com, 27 pontos ganhos. Com isso, o alvinegro enfrentou o CSP na fase semifinal vencendo os dois jogos, fazendo 2 a 1, no jogo de ida e ganhando a partida de volta por 3 a 1. Mesmo com a vantagem de poder até perder por dois gols de diferença, o treinador Marcelo Vilar cobra determinação da equipe.

“Não podemos modificar nossa filosofia de encarar a realidade do futebol. O Botafogo precisa entrar em campo com a mesma aplicação. Teremos mais um jogo de decisão pela frente e vamos procurar fazer nossa parte”, decreta Marcelo Vilar que chega a quinta decisão do Campeonato Paraibano em seis temporadas.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.