Início Futebol

Botafogo-PB volta a campo nesta quinta para atuar mais uma vez sob pressão

Meta é buscar a primeira vitória para tentar alimentar a possibilidade de passar para a segunda fase

Marcelo Vilar (Foto: Divulgação/Botafogo-PB)

O Botafogo da Paraíba entra em campo nesta quinta-feira (25), para fazer o quinto jogo na Copa do Nordeste. O Belo vai encarar o Ceará-CE, no estádio Almeidão, em João Pessoa, às 21h. Este será o terceiro compromisso do time paraibano, na condição de mandante. Sétimo colocado do Grupo B, com três pontos, o Botafogo ainda luta pela primeira vitória.

Nas duas primeiras partidas, no estádio Almeidão, o Botafogo empatou com o 4 de Julho-PI, em 0 a 0, e com o Sampaio Corrêa-MA, em 1 a 1. Já como visitante, o time paraibano empatou com o Bahia, em 1 a 1, e perdeu para o CRB-AL, por 2 a 1.

Pelos resultados e pela colocação, na classificação geral, o Botafogo atua mais uma vez na pressão. A meta é buscar a primeira vitória para tentar alimentar a possibilidade de passar para a segunda fase. Até agora, o Botafogo empatou três vezes e perdeu uma. Marcou três gols e tomou quatro.

Para o meia Juninho, o Botafogo precisa de equilíbrio entre defesa, meio-campo e ataque. “Precisamos acertar nossa defesa, trabalhar a bola no meio-campo e finalizar com tranquilidade. Vamos buscar este equlíbrio para levar o Botafogo à primeira vitória”.

Na avaliação do treinador, Marcelo Vilar, o Botafogo está remontando um time. Disputar uma Copa do Nordeste, contra adversários que têm investimentos maiores, times de Série B, Série A. Isso faz que as coisas sejam bem mais difíceis. O Botafogo fez boas partidas. Temos de persistir para buscar os resultados”.

O Botafogo, que é o sétimo colocado no Grupo B, terá pela frente o Ceará, o terceiro do Grupo A. O alvinegro cearense soma seis pontos, em quatro partidas, com uma vitória e três empates. O vozão marcou quatro gols e tomou dois, ostentando um saldo de dois gols.

Para comandar a partida entre Botafogo e Ceará, nesta quinta-feira (25), no estádio Almeidão, foi escalado Rafael Carlos Lima, de Alagoas. Os assistentes são Ruan Luiz de Barros e Ana Paula dos Santos, também alagoanos. O quarto árbitro é Thiago Galdino e analista de campo, Adriana Basílio, ambos da Paraíba.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.