Início Geral

Brasil brilha e ? campe?o da Copa do Mundo de maratona aqu?tica no masculino e no feminino

Os baianos Allan do Carmo, 25 anos, e Ana Marcela Cunha, 22, fizeram história neste sábado (18) ao conquistarem o título da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas 2014, encerrada com os 10 km de Hong Kong. E para coroar ainda mais a conquista, os dois nadadores colocaram medalhas no pescoço na prova final.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Allan foi prata, atrás dos alemães Christian Reichert e Andreas Waschburger, enquanto Ana Marcela dividiu o bronze com a britânica Kari-Anne Payne, medalhista de prata nos Jogos de Pequim-2008, ano em que a modalidade estreou em Olimpíadas. À frente delas, outra brasileira, Poliana Okimoto, que repetiu a prata da penúltima etapa, em Chun’an, na China, e a húngara Anna Olasz, que triunfou na batida de mão.

Os dois campeões conseguiram um feito único: acostumada a brilhar, Ana Marcela alcançou o tricampeonato (2010-2012-2014) na competição, com direito a pódio em todas as oito provas da temporada (cinco medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze). Alan, por sua vez, teve duas medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze, trazendo a Copa do Mundo masculina pela primeira vez para o país.

Ao todo, o Brasil encerrou sua melhor temporada na Copa do Mundo, com 20 pódios: oito medalhas de ouro, sete de prata e cinco de bronze.

Apesar da felicidade pelo feito, Allan ainda não pensa em descansar:

— Fecho a temporada com chave de ouro numa prova de alto nível, disputando as primeiras colocações com mais de um adversário de peso e perdendo por muito pouco a medalha de ouro. A prova demonstrou o nível do campeonato, com cada etapa tendo um vencedor diferente. Somente eu venci duas provas, a sexta e a sétima etapas. Só tenho a agradecer esta temporada que ainda não acabou, falta o campeonato brasileiro. E depois é manter o nível para conseguir a classificação para o Mundial de Kazan

Já Ana Marcela pretende parar um pouco, mesmo ciente que ainda pode ir além disto na carreira:

— Agora vou tirar umas férias merecidas e depois voltar com tudo para me preparar para a seletiva olímpica, que será no Mundial de Kazan, participando das provas que tiver que participar no ano que vem. Espero que em 2015 dê tudo certo também. Que acorde bem no dia das provas importantes, o que não aconteceu em 2011, quando fiquei de fora dos Jogos Olímpicos. Dias depois, acordei bem e a prova foi minha com a vitória nos 25km do Mundial de Xangai. Hoje, alguém acordou melhor do que eu e não consegui vencer, mas estou feliz com o resultado e por mais um pódio

Nos Jogos Pan-americanos de 2011, cuja disputa da maratona aquática também foi em um percurso de 10 km, o Brasil conseguiu um pódio, através da prata de Poliana Okimoto.

Assista à matéria exibida na TV Correio/Record HD.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.