Início Geral

Cabedelo decreta emergência após chuvas e coloca desabrigados em ginásios

A Prefeitura de Cabedelo decretou estado de emergência por conta das chuvas registradas no fim de semana na cidade, que fica na Grande João Pessoa. O município enfrenta uma série de alagamentos e tem pessoas desabrigadas depois dos. Até essa segunda-feira (18), choveu 344,5 milímetros, 33,1%, um índice bastante alto e acima da média para abril, que é de 258,9 mm. O telefone da Defesa Civil para emergências é 199.

Leia também:

– Açudes de João Pessoa e Mamanguape sangram após chuvas; veja fotos

– Meteorologia explica motivos das chuvas na Grande João Pessoa e prevê mais

– Chuvas não chegam a Boqueirão e abastecimento em Campina permanece crítico

De acordo com a prefeitura, alojamentos foram montados nos ginásios do Renascer II e Oceania (Jacaré) para atender às famílias que estão sem abrigo por conta das chuvas. Apesar disso, a Prefeitura de Cabedelo continua repassando informações de chuvas sem dizer o número de pessoas desabrigadas; os telefones da assessoria de comunicação não atendem para dar mais detalhes.

A prefeitura informou ainda que está disponibilizando nos ginásios, colchões, cobertores e travesseiros, cedidos pela Defesa Civil Estadual. Além de abrigar as famílias, os pontos de apoio oferecem café da manhã, almoço e janta. A segurança dos locais é feita pela Guarda Civil Municipal e uma equipe de saúde também está atendendo aos desabrigados.

Com a situação de emergência decretada, a prefeitura deve agilizar a recuperação dos estragos, permitindo a contratação de pessoal e compra de equipamentos sem a necessidade de licitação. Na prática, a situação de emergência trata-se de uma espécie de sinalização.

Com a publicação do decreto, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais, que fazem ações imediatas de reconstrução das áreas atingidas. O decreto da situação de emergência ainda possibilita que a prefeitura solicite ajuda financeira do governo federal.

Outra situação prevista com o decreto da situação de emergência é a convocação de voluntários, cuja função será reforçar as ações emergenciais. Dentre as ações previstas para eles, estariam realizações de campanhas de arrecadação de utensílios materiais junto à comunidade.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.