Cajazeiras tem maior ?ndice de chuvas e Aesa apura se houve granizo no Serid?

12
COMPARTILHE

As chuvas registradas no fim da tarde e na noite dessa quarta-feira (6) contribuíram para o registro de até 129,8 milímetros (mm) de precipitações em Cajazeiras, no Sertão paraibano, a 485 km de João Pessoa, e uma possível queda de granizo na Zona Rural do município de Juazeirinho, no Cariri paraibano, a 223 km de Capital. O caso do granizo ainda é investigado pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa). Veja vídeo e fotos abaixo.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A Aesa informou que outros municípios também registraram bons índices de chuvas*, como Coremas, com 111,5 mm; Piancó, com 96,7 mm; Aparecida, com 84,7 mm; São José da Lagoa Tapada, com 78,8 mm; Vieirópolis, com 77 mm; Emas, com 76,2 mm; Cacimba de Areia, com 73 mm; Ouro Velho, com 70 mm; São Francisco, com 60,6 mm; e Lagoa, com 60 mm.

Em Juazeirinho, que teve 62 mm de chuva, a população relatou que houve chuva de granizo em sítios da Zona Rural.

“A chuva durou pouco mais de uma hora e foi com bastante intensidade. Ficamos sabendo que houve granizo em um sítio que fica próximo aqui da cidade”, disse a vendedora Natália Daiane.

A também vendedora Julianne Costa relatou que amigos que moram em três sítios da Zona Rural de Juazeirinho perceberam barulhos nos telhados e pedras de gelo que caiam dentro de casa.

“Uma amiga minha tirou fotos das pedrinhas que caíram e chegaram a passar por brechas no telhado. Ela relatou que a chuva de granizo durou um bom tempo e o barulho das pedras caindo era forte. Ficamos sabendo que, ao menos, três sítios registraram granizo aqui no município”, contou Julianne.

A Aesa não confirmou se houve chuva de granizo, mas adiantou que o fenômeno deve ter ocorrido, já que o tipo de nuvens que ficaram sobre a região durante a chuva é ideal para formação do granizo.

“É bem provável que tenha ocorrido o granizo, já que o tipo de nuvem que se formou no momento da chuva é típico para gerar chuvas de granizo. Estamos investigando. Não é frequente o fenômeno, mas é em início de período chuvoso que isso acontece”, informou a meteorologista da Aesa Carmen Becker.

* O índice de chuva ou pluviométrico é medido em milímetros e obtido por meio da soma da quantidade de chuva, neve ou granizo em determinado local, dentro de um espaço de tempo. Para medir o índice de chuva, a Aesa usa um instrumento chamado de de pluviômetro.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas