Segue como está a situação de Cabedelo
Câmara Municipal de Cabedelo (Foto: Reprodução/Google Street View)

Câmara de Cabedelo vai pagar R$ 208 mil a vereadores

Além dos 15 vereadores, mais os 10 suplentes que foram convocados depois da prisão e afastamento de parlamentares também vão receber

602
COMPARTILHE

A Câmara Municipal de Cabedelo deve desembolsar este mês um total de R$ 208 mil para pagar, além dos 15 vereadores, mais os 10 suplentes que foram convocados depois da prisão de cinco parlamentares e afastamento de outros cinco, dentro da Operação Xeque-Mate. A folha que era de R$ 124 mil terá um aumento de 68%.

Segundo o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), André Carlo Torres, os pagamentos não podem ser suspensos pelo Tribunal por conta das investigações da Operação Xeque-Mate. “Como o caso está judicializado, a Corte só pode se posicionar após a conclusão dos relatórios da gestão e da auditoria especial que está sendo realizada nas contas da Casa Legislativa”, destacou.

A atual presidente da Câmara, a vereadora Geusa, terá que fazer um malabarismo já que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) exige que o gasto feito para pagamento da folha de pessoal seja até 70% do valor total do duodécimo repassado pela prefeitura, no valor de R$ 1.126.250,00.

Além disso, o município também terá que arcar com uma folha dobrada para o pagamento do salário do prefeito. Além de ter que bancar o salário do prefeito afastado, Leto Viana, no valor de R$ 19 mil, terá também que pagar ao prefeito interino, Victor Hugo.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas