Início Geral

Campanha de vacina??o antirr?bica j? imunizou mais de 71 mil animais na Capital

A campanha de vacinação antirrábica em João Pessoa já imunizou 71.650 animais em menos de uma semana. O número já superou a meta estipulada pela Gerência em Vigilância Ambiental e Zoonoses (Gvaz) que foi de 65 mil animais. A campanha, realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), teve início no último dia 13 de segue até o dia 31 deste mês.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A ação tem como objetivo imunizar cães e gatos a partir dos três meses de idade. Do total de vacinações até o momento, foram 56.802 cães e 14.848 gatos. De acordo com a Gvaz, em anos anteriores a média não passava de 50 mil imunizações.

O gerente da Gvaz, Nilton Guedes, comemorou a adesão da população à campanha e destacou que a ação continua. “Batemos nossa meta, mas esse resultado é parcial já que continuaremos vacinando até o dia 31. Então, mais animais ainda serão vacinados”, disse.

Ele atribui o sucesso da campanha à participação popular, que entendeu a importância da vacina, não só para a saúde do animal, mas também dos seres humanos. “Apesar de ser direcionada e aplicada em bichos, a vacina protege a população no geral”, comentou.

No último sábado (18) foi realizado o dia D da campanha, mas os proprietários que ainda não conseguiram levar os seus animais aos postos de vacinação poderão procurar o Centro de Vigilância Ambiental e Zoonoses, que fica localizado na Avenida Walfredo Macêdo Brandão, n° 100, Jardim Cidade Universitária. O horário de funcionamento do centro é das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Raiva animal 

A raiva animal é uma doença causada por um vírus. Ela ataca diversos animais e também o homem. Quase 100% das pessoas que adquirem a doença morrem. O cão, o gato e o morcego são os principais transmissores da raiva em áreas urbanas

Quando uma pessoa é agredida por um animal, a exemplo do cão, gato, morcego ou sagui, é importante lavar bem a ferida, com bastante água e sabão amarelo e procurar imediatamente uma unidade de saúde. A recomendação é não matar o animal e pedir orientação à Gerência de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Gvaz) de João Pessoa através dos telefones 3218-9357 ou 3214-3459.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.