Moeda: Clima: Marés:

Campinense joga contra Mirassol-SP em horário atípico pela Série C

Treinador Ranielle Ribeiro admite encontrar dificuldades para jogar fora de casa, em horário diferente e contra um time muito forte
Foto: Divulgação

Uma das dificuldades do Campinense na partida contra o Mirassol-SP, neste sábado (7), pela Série C do Campeonato Brasileiro é o horário, considerado atípico para o futebol brasileiro. Os times vão entrar em campo às 11h, no estádio José Maria de Campos Maia, na cidade de Mirassol, interior paulista.

Além disso, o time rubro-negro vai atuar fora de casa contra o líder da competição, com 10 pontos, três vitórias e um empate, depois de quatro rodadas. O time paulista tem um saldo de quatro gols e um aproveitamento de 83,3 % na competição.

Na sexta colocação, o Campinense soma sete pontos, com duas vitórias, um empate e uma derrota. O representante de Campina Grande tem dois gols de saldo e 58,3 % de aproveitamento até agora.

Com base nesses números e em outros obstáculos que o Campinense vai encarar, o treinador Ranielle Ribeiro admite encontrar dificuldades. “Não será fácil enfrentar o líder da Série C, favorito ao acesso. O Mirassol é um clube com estrutura financeira, tem elenco muito técnico”.

“Ainda teremos que enfrentar o horário de 11h, que muda a temperatura, o fisiológico, é diferente do que os atletas estão acostumados a jogar. Será um jogo difícil. Mas podemos lutar para conseguir um resultado, utilizando uma melhor tática. Temos de procurar pontuar, seja com vitória ou empate, mas sem ficar esperando o adversário” pontuou Ranielle Ribeiro.

O meia Dione, punido pelo cartão vermelho, não vai poder atuar contra o Mirassol. Para o lugar, o treinador Ranielle Ribeiro deve escalar João Paulo. Por outro lado, o atacante Olávio voltou depois de cumprir suspensão de duas partidas aplicadas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF.

Para comandar a partida entre Mirassol e Campinense foi escalado o árbitro, Rafael Martins Diniz (DF). Ele terá como assistentes Lucas Costa Modesto e Milton Jeronimo Souza Alves, também do Distrito Federal. O quarto árbitro é Thiago Luís Scarascati (SP).

Comentários

Deixe seu comentário
Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2022. Portal Correio. Todos os direitos reservados.