Campinense quer manter boa fase contra Guarany de Sobral

Primeiro jogo será neste sábado (25), no estádio Amigão, em Campina Grande. A partida de volta acontece na próxima semana, no Ceará
Foto: Divulgação/Campinense

Nas últimas duas decisões de mata-mata, o Campinense conseguiu levar vantagem. Em uma delas, superou o Sousa e conquistou o título do Campeonato Paraibano 2021. No último jogo, passou pelo Sergipe-SE, pela segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

Para superar o Sousa, no mata-mata na fase do Certame Estadual, o Campinense venceu o jogo de ida por 1 a 0, atuando no estádio Amigão, em Campina Grande. Com a vantagem, o time rubro-negro conseguiu arrancar o empate de 0 a 0 para levantar o troféu de campeão.

Já com relação à segunda fase da Série D, o representante de Campina Grande empatou o jogo de ida em 2 a 2, no estádio Batistão, em Aracaju-SE. Um novo empate voltou a ser registrado no estádio Amigão, em Campina Grande, em 1 a 1. Com isso, a decisão da vaga foi para os pênaltis e a Raposa venceu por 4 a 2.  

Com base nesses resultados, o Campinense espera manter o bom retrospecto para superar o Guarany de Sobral-CE, valendo pela terceira fase da Série D. O primeiro jogo será neste sábado (25), no estádio Amigão, em Campina Grande. A partida de volta acontece na próxima semana, no Ceará.

Clube divulga nota

Para justificar a iniciativa de lutar pela volta ao estádio Amigão em seus jogos, o Campinense divulgou nota. O documento alega que, “a CBF liberou a presença de público para os jogos da Série D do Campeonato Brasileiro a partir das oitavas de final, respeitando o protocolo estabelecido para se cumprir e que os clubes envolvidos deverão ter a autorização dos órgãos competentes locais para a volta dos torcedores”.

Destaca ainda que “o novo decreto de Campina Grande assinado pelo prefeito Bruno Cunha Lima e divulgado no último dia 19 libera a presença de público nos estádios (15% da capacidade máxima dos estádios de futebol) e a realização de campeonatos e eventos esportivos na cidade”.

A nota também ressalta que “o Campinense Clube entende que, com o avanço da vacinação, a redução de casos, internações e mortes por Covid-19, é possível o retorno gradual do público aos estádios, respeitando, evidentemente, as medidas de segurança determinadas pelas autoridades locais”.

Finalizando, a nota esclarece que “o Campinense compreende a reabertura e funcionamento (com suas devidas restrições) de shoppings, transporte público, feiras, eventos e outros – que já estão autorizados em todo o estado. O que não se entende é o porquê de se agir desigualmente com as partidas de futebol, evento que também traz rendimento econômico a milhares de famílias”.

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.