Início Geral

Cármen Lúcia critica possível espionagem de Termer a Fachin

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, classificou, nesse sábado (10), como ‘inadmissível crime contra o Supremo’ a informação divulgada de que o presidente Michel Temer (PMDB) teria determinado que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) investigasse e ‘espionasse’ o ministro relator da Lava Jato, Edson Fachin. Comente no fim da matéria.


Leia mais notícias de Política no Portal Correio


“Se comprovada a sua ocorrência, em qualquer tempo, as consequências jurídicas, políticas e institucionais terão a intensidade do gravame cometido, como determinado pelo direito”, disse a presidente do STF.

O discurso de Cármen Lúcia foi duro e em combate a possível espionagem do governo Federal contra Edson Fachin.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.