Início Geral

Cartilha do MPT-PB orienta sobre combate ao assédio sexual no trabalho

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) lançou uma cartilha de combate ao assédio sexual no ambiente de trabalho. Com 24 páginas, em linguagem acessível no formato de perguntas e respostas, a publicação oferece conceitos e situações que caracterizam a prática criminosa, além de orientar as vítimas a buscar ajuda e a denunciar. Veja a cartilha aqui e comente no fim da matéria.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Não adianta combatermos só as consequências. É também preciso fazer o trabalho de prevenção, de orientação, que é importantíssimo. E essa cartilha é um instrumento essencial na política de combate ao assédio sexual”, afirmou o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury.

Segundo a oficial técnica em Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Thaís Faria, o assédio sexual no trabalho pode ser cometido de diversas formas, o que gera dúvida sobre o seu conceito e às maneiras de prevenção e combate.

“Essa cartilha busca esclarecer para a população que o assédio sexual é proibido e deve ser denunciado”, afirmou Thaís Faria.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.