Início Geral

CBTU e Santa Rita discutem situação das linhas de trem após acidente com cinco mortes

Uma reunião entre a Companhia Brasileira de Trens Urbanos em João Pessoa (CBTU) e a Prefeitura de Santa Rita discutiu nesta quarta-feira (16) quais medidas poderão ser adotadas para aumentar a segurança do trecho onde um trem e um ônibus bateram, deixando cinco mortos.

Leia também:

– Morre quinta vítima do acidente entre ônibus e trem em Santa Rita, na Grande João Pessoa

Trens da CBTU voltam a circular em todos os trechos na Grande João Pessoa

O Município solicitou à superintendência da CBTU o alargamento da passagem de nível com medição de dois metros para ambos os lados onde fica o cruzamento das ruas Coronel Mendes Ribeiro com a Rua Gomes Vieira no distrito de Várzea Nova.

O engenheiro da CBTU, Cláudio Picolli fez uma análise prévia do local e verificou que o principal problema é de engenharia de tráfego. “O alargamento não iria dar certo porque não resolve o problema da entrada de transportes. Num primeiro momento, o correto seria desapropriar a área em frente à linha férrea para poder alargar e dar fluidez ao tráfego de veículos. A rodovia é muito próxima ao trilho. Devido à curvatura, os automóveis trancam a PB ou linha do trem. Por isso, estaremos marcando uma reunião com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba (DER-PB) para o que pode ser melhorado e o que pode ser corrigido”.

A prefeitura de Santa Rita informou que está fazendo um projeto para que sejam colocadas cancelas nas passagens de nível do Alto do Contorno, Várzea Nova e Tibiri Fábrica. A gestão municipal teria solicitado ainda que a CBTU disponibilize 10 metros de uma área da Companhia para poder construir uma via de acesso para pedestre na estação do Centro, na entrada da Rua Severo Rodrigues com a José Américo.

Uma nova reunião será marcada entre todos os gestores para acertar as pendências; apesar disso, a data desse próximo encontro não foi divulgada.

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.