Início Geral

Centro de Zoonoses tem castração gratuita e vacina a animais domésticos de JP

O Centro de Zoonoses de João Pessoa está disponibilizando serviços gratuitos de vacinação, castração e testes de calazar para os animais domésticos da Capital, além de doação de animais saudáveis para adoção. Comente no fim da matéria.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Para castração gratuita, os interessados devem levar os animais ao Centro de Zoonoses, que fica na Avenida Walfredo Macedo Brandão, número 100, no bairro dos Bancários, Zona Sul da Capital, e aguardar atendimento. O procedimento é diário e os animais são liberados no mesmo dia.

Antes da cirurgia, o animal passa por uma triagem que irá definir suas condições físicas e, em seguida, é encaminhado para a intervenção cirúrgica. A castração acontece apenas em animais com idade a partir de oito meses. Nos animais domésticos, o procedimento só é feito com a autorização dos donos.

“Os animais que passam pelo procedimento de castração recebem alta no mesmo dia. Os que possuem donos voltam para suas casas e os abandonados ficam com cuidadores voluntários até encontrarem um lar,” contou o gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses, Nilton Guedes.

O Centro de Zoonoses também oferece o teste rápido para detecção da leishmaniose visceral, conhecida como calazar, transmitida pelo mosquito-palha, conhecido popularmente como ‘birigui’.

O calazar pode manifestar sinais visíveis nos cães, como o crescimento excessivo das unhas, perda de pelo, ferimentos que não cicatrizam, principalmente na ponta da orelha e da calda, e emagrecimento rápido.

“Disponibilizamos esse teste diariamente, das 8h às 18h, para as pessoas que tenham cachorro e suspeitem que eles estejam doentes. Não há necessidade de marcação e o resultado do exame fica pronto em até 30 minutos”, disse Nilton Guedes.

Caso o teste rápido seja positivo, o cão é devolvido ao dono e encaminhado para casa. Porém, o sangue colhido é enviado ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) para um exame mais completo e o diagnóstico definitivo.

“Apesar de haver cura para o humano infectado com calazar e identificado precocemente, não há tratamento e cura para os cães. Somente com esse resultado do Lacen é que procuramos o dono do animal infectado e pedimos a entrega do cão para ser eutanasiado. Tudo isso é explicado à população quando eles procuram os nossos serviços”, afirmou Nilton Guedes.

O Centro de Zoonoses também é responsável pela averiguação de denúncias de maus-tratos e abandono, sendo capaz de recolher os animais em perigo e oferecer cuidado necessário.

A população pode entrar em contato com o Centro de Zoonoses através do telefone 3218-9357 e 0800 282 7959.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Palavras Chave

Portal Correio
publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.