Chefe Pol?tico

19
COMPARTILHE

Em recente discurso diante de dezenas de peemedebistas históricos, em
João Pessoa, o senador Raimundo Lira fez questão de dizer e repetir que o
senador José Maranhão, reconduzido à presidência estadual do PSDB, é
seu chefe político. É um reconhecimento público de Raimundo Lira à
importância de Maranhão para a política da Paraíba nos últimos 60 anos
de vida pública.

“Eu sempre digo em Brasília, em conversas com colegas senadores e com
outros políticos e autoridades, que José Maranhão é meu chefe político
na Paraíba. Eu digo a todo mundo que tenho um chefe político e que no
nome dele é Zé Maranhão”, reforçou o senador Raimundo Lira.

Segundo ele, o PMDB é o partido mais democrático do País e ninguém tem a
coragem de dizer que a legenda tem um dono, como ocorre em outras
siglas. Destacou que, na Paraíba, o partido é mais democrático, ainda,
porque José Maranhão é o maior incentivador e defensor da democracia
interna no PMDB.

Os dizeres de Raimundo Lira em relação ao senador José Maranhão se
traduzem no reconhecimento da importância do ex-governador e nos
benefícios que ele proporcionou à Paraíba como deputado estadual
(cassado em 1968 pela ditadura), deputado federal, vice-governador,
governador por três vezes e, hoje, no segundo mandato de senador.
Realmente, Lira tem razão quando reconhece publicamente a importância de
Maranhão na existência do PMDB e dos paraibanos.

Comarca de Teixeira

Operadores de direito do Sertão da Paraíba querem que o Tribunal de
Justiça do Estado eleve a Comarca de Teixeira da primeira para a segunda
entrância. Eles alegam que há uma grande movimentação processual na
comarca. Ao todo, segundo alguns advogados, são mais de 4 mi processos
ativos na comarca.

Não está morto

Para o deputado estadual Raniery Paulino, o PMDB da Paraíba não está
morto, como pensam alguns adversários. Raniery é defensor de
candidaturas do partido em todos os municípios do Estado.

Não estrá agregado

“O PMDB não vai estar agregado a nenhum outro partido. Eu não aceito
isso e me rebelarei, se for preciso”, declarou Raniery Paulino, que
trabalha pelas candidaturas próprias.

Necessidade

No entendimento do deputado federal Hugo Motta, time que não joga, não
tem torcida. Por isso, segundo ele, o PMDB sente a necessidade de ter
candidatos a prefeito em todos os municípios.

Campina Grande

Repercutiu positivamente entre policiais e bombeiros militares de
Campina, a inauguração da nova sede do Clube dos Oficiais, uma
iniciativa do presidente, o coronel Francisco de Assis.

Projeto de Luís Flávio

Projeto de lei de iniciativa do vereador Luís Flávio (PSDB) proíbe a
administração pública (direta e indireta) de João Pessoa de negar
efeitos aos títulos de tecnólogos obtidos por estudantes por meio de
cursos presenciais ou à distância, feitos pela Internet em instituições
de ensino reconhecidas pelo MEC.

Sucessão em CG 1

O presidente da ALPB, Adriano Galdino, tem dito que só será candidato a
prefeito de Campina se Veneziano Vital do Rêgo não for. Mas há quem
insista nos dois nomes.

Sucessão em CG 2

A estratégia do PSB e do PMDB seria cada um lançar seu candidato para
assegurar o segundo turno contra o prefeito Romero Rodrigues (PSDB). Em
eventual segundo turno, os dois se juntariam.

Alhandra 1

Depois de desativar o SAMU, o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, aperta

o cinto, ainda mais, cortando despesas com diárias e combustíveis.

Alhandra 2

Prioridades, para Marcelo Rodrigues, são compromissos assumidos com os
servidores públicos, com pagamento rigorosamente em dia, inclusive com
os fornecedores.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas