Início Tempo

Chuvas causam alagamentos e afetam trânsito em João Pessoa; veja locais

Semob orienta que motoristas trafeguem em velocidade reduzida, mantendo distância segura do veículo que está à frente
Principal dos Bancários é um dos pontos mais críticos (Foto: Reprodução)

Chove forte em João Pessoa na manhã desta quinta-feira (18) e alguns transtornos já são verificados. 

Em alguns trechos, há acúmulo de água na pista, o que dificulta a passagem de veículos, causando lentidão no trânsito. 

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) orienta que motoristas trafeguem em velocidade reduzida, mantendo distância segura do veículo que está à frente e com lanternas e faróis baixos. 

Condutores também devem redobrar a atenção nas manobras e evitar frear de maneira brusca, pois isso pode travar as rodas e fazer com que o veículo derrape por falta de aderência. 

Trechos que registraram alagamento

  • Principal dos Bancários, próximo ao Equilíbrio do Ser
  • Rua da Mata, no Cabo Branco
  • Principal do Geisel, próximo à Central de Polícia
  • Viaduto do Cristo, em frente ao Trevo Auto Shopping
  • Avenida Ruy Carneiro, entre a entrada do São José e o cruzamento com a Epitácio Pessoa
  • Avenida Pedro II, em frente ao Ibama
  • Avenida Pedro II, no cruzamento com a Coremas
  • Avenida Sanhauá, próximo à CBTU
  • Avenida Rui Barbosa, no cruzamento com a Carneiro da Cunha
  • Avenida Beira Rio, no cruzamento com a Rui Caetano Filgueiras, sentido Centro

Rodovias federais

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em trechos da BR-230 também foram registradas ocorrências devido às chuvas. O acesso ao bairro José Américo, próximo à entrada para a Avenida Hilton Souto Maior, sentido João Pessoa-Cabedelo, foi interditado em virtude de alagamento. Além disso, próximo à Energisa, sentido Bayeux, ocorreram acidentes sem vítimas.

Semob-JP monitora pontos alagados e faz desvios

A Semob-JP está em alerta, monitorando os pontos de alagamento, realizando orientação à população para evitar acidentes e informando desvios para reduzir os transtornos causados pelos congestionamentos.

Desde as 6h, o Centro Operacional de Trânsito e Transporte (COTT) está observando através de 70 câmeras os trechos que apresentam pista com acúmulo de água, acionando os 40 agentes de mobilidade em campo e promovendo as intervenções viárias necessárias.

“Estamos em alerta e acompanhando o boletim da Aesa, atuando com nosso sistema de monitoramento e agentes em campo . Também acionamos outras secretarias e órgãos quando há necessidade de intervenções, como Emlur, Defesa Civil, Seinfra e Semam. O principal objetivo é reduzir ao máximo os transtornos causados à população”, ressaltou o superintendente da Semob-JP, George Morais.

Em caso de emergência, a população pode acionar a atuação do órgão de mobilidade urbana através dos telefones Disk 118 e 9 8760-2134 (WhatsApp).

Informação em tempo real

Através das redes sociais, Instagram @semobjp e Twitter @transitosemobjp, a população pode ter acesso em tempo real à situação dos principais corredores da cidade, além de informações, imagens dos locais afetados pelas chuvas também são postadas. A Semob-JP também disponibiliza o APP Monitora Jampa.

Defesa Civil intensifica monitoramento

Apesar da grande concentração de nuvens no Litoral, a Secretaria Executiva da Defesa Civil de João Pessoa não registrou ocorrência de gravidade. De acordo com o monitoramento, em uma hora de chuva foram registrados 43 milímetros de índice pluviométrico e a previsão é de que as precipitações permaneçam até o início da tarde.

Apesar de não haver chamadas quanto às áreas de risco, a Defesa Civil informou que continua o monitoramento em toda a cidade, principalmente nessas áreas, com o objetivo de proteger as famílias que moram às margens dos rios.

A população pode entrar em contato com a Defesa Civil através do telefone 9 8831-6885, que funciona 24 horas.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.