Cinco nomes disputam a vaga de vice de André Gadelha nas eleições deste ano

19
COMPARTILHE

Enquanto a oposição permanece indefinida e ainda não tem um nome de consenso para disputar as eleições, a dificuldade do prefeito de Sousa, André Gadelha, está na escolha do candidato a vice. André terá de optar por um de cinco nomes que estão no páreo: o advogado e presidente municipal do PMDB, Felipe Abrantes; o advogado e vereador pelo PT, Lafayete Gadelha; os médicos Guilherme Carvalho (PSDB) e Enio Medeiros (PMDB); e o deputado estadual Renato Gadelha (PSC).

Leia mais Notícias de Política do Portal Correio

Dentre os cinco nomes, o mais cotado é o de Felipe Abrantes. Segundo ele, o grupo do prefeito André Gadelha está unido e ficou mais fortalecido com o ingresso de dois vereadores que passaram metade dos mandatos na oposição. Quando assumiu a Prefeitura de Sousa, há três anos e meio, André Gadelha tinha uma bancada de cinco vereadores na Câmara, contra sete da oposição.

“A situação se inverteu. Hoje, nós temos sete vereadores e a oposição tem cinco”, disse Felipe Abrantes, acrescentando que a oposição atual se diz mais forte “é a mesma que foi derrotada por André Gadelha nas últimas eleições”. “O palanque deles é o mesmo de 2012, apenas com o acréscimo do médico José Célio”, disse Felipe Abrantes.

O presidente do PMDB de Sousa disse que a coligação de André Gadelha terá 15 partidos, a exemplo do PSDB, PSC, PTN, PT, PR, PV e outros. “Conseguimos reunir 15 legendas em tono do projeto de reeleição do prefeito André Gadelha”, declarou Felipe Abrantes, acrescentando que a pré-campanha está nas ruas.

Analistas políticos da cidade avaliam que a campanha será muito acirrada por causa do elevado grau de desentendimento entre a ala da família Gadelha hoje liderada pelo prefeito André Gadelha e o grupo liderado pelo seu primo, o deputado estadual Lindolfo Pires (Pros), que não tem o sobrenome.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas