Início Geral

Cine Bang?? reabre suas portas ap?s comemorar 33 anos, em JP

Fundado em dezembro de 1982 e batizado com o nome de uma das obras do escritor paraibano José Lins do Rego, o Cine Bangüê reabre suas portas. Como parte do projeto de reforma, requalificação e modernização do Espaço Cultural, o Governo do Estado inaugura, nesta sexta-feira (19), seu mais novo equipamento. O novo Cine Bangüê pretende marcar um ciclo de ações e parcerias no audiovisual paraibano, além de levar ao público uma programação diversificada, que muitas vezes não está disponível nos circuitos comerciais.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

O Cine Bangüê da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) está construído em um novo ambiente, substituindo a antiga pista de patinação. O novo equipamento possui uma sala com 120 lugares, com quatro assentos reservados para pessoas com necessidades especiais. A nova obra foi fiscalizada pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan) e teve o investimento de R$ 1.959.540,74.

Uma das últimas intervenções da obra foi a instalação da nova tela de projeção. “A tela de projeção foi instalada por um estrangeiro especialista em cinema, o mesmo profissional que faz esse trabalho de instalação em alguns shoppings no Brasil”, disse a superintendente da Suplan, Simone Guimarães. A tela possui tamanho de 9,0×3,77m e tem formato cinemascope – o mesmo das telas oficiais dos cinemas. A moderna tela microperfurada comporta até filmes em terceira dimensão (3D) e está equipado com um projetor digital 2k e som 7.1. “A equipe do cinema já passou por um processo de capacitação para utilizar o novo projetor”, disse a vice-presidente da Funesc, Nézia Gomes.

Durante o fim de semana de abertura, as sessões serão gratuitas ao público e alguns dos filmes exibidos no primeiro momento permanecerão em cartaz por mais tempo, com entrada a preço popular de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). A programação completa, que também prevê a realização de ações voltadas para o setor audiovisual na Paraíba, será divulgada em breve.

Além das exibições semanais no Cine Banguê, a diretora adiantou algumas ações propostas pela Divisão de Cinema da Funesc: cursos para profissionais do setor audiovisual em parceria com o Centro Audiovisual Norte-Nordeste (Canne); implantação de alguns cursos de curta duração promovidos pela Funesc em parceria com profissionais da área audiovisual da Paraíba; e o Cine Escola, projeto em parceria com o Centro Estadual de Artes (Cearte) contando com sessões guiadas para escolas, sob a coordenação da cineasta Ana Bárbara Ramos.

Veja o vídeo abaixo:

Palavras Chave

Portal Correio

Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será revelado.

publicidade
© Copyright 2021. Portal Correio. Todos os direitos reservados.